Archive for Novembro, 2012

30/11/2012

Agenda Cultural

agenda211

1 de Dezembro- Sábado

Atividade: “Cantata de Natal” com o Coro em Cores

Promoção: SMCT e Conservatório Musical Paulino Martins Alves

Horário: 20h

Local: Igreja São José

Ingressos: Atividade Livre

 

2 de Dezembro- Domingo

Atividade: “ Cantata de Natal” com o Coro em Cores

Promoção: SMCT e Conservatório Musical Paulino Martins Alves

Horário: 10h

Local: Igreja Luterana Bom Pastor

Ingressos: Atividade Livre

 

1 e 2 de Dezembro- Sábado e Domingo

Atividade: Espetáculo Ballet “Sambalé na Ponta do Pé”

Promoção: Academia de dança PróArte

Local: Teatro Ópera – Auditório “A”

Horário: 20h

Ingressos: : Inteira R$ 30,00 – Antecipados e meia-entrada R$ 15,00

Mais Informações: Heloisa 3229-9939

 

3 de Dezembro- Segunda-Feira

Atividade: “ Concerto de Encerramento 2012”- Com os professores do Conservatório e participação da Orquestra de Câmara do Conservatório

Promoção: SMCT e Conservatório Musical Paulino Martins Alves

Horário: 20h

Local: Cine-Teatro Ópera- Auditório A

Ingressos: Entrada Franca

 

Atividade: Abertura da Exposição de Fotos e Haicais de Davi Fusão

Promoção: SMCT/Dept° Artes Visuais

Horário: 20h

Local: Centro de Cultura Cidade de Ponta Grossa- Galeria João Pilarski

Atividade Direcionada para convidados

 

Atividade: “Evento Cultural”

Promoção: Centro Cultural Faris A. Michaele

Horário: 19h

Local: Centro de Cultura Cidade de Ponta Grossa

Ingressos: Entrada Franca

4 de Dezembro- Terça – Feira

Atividade: Lançamento do Livro “ Lusografias: (re)leituras da Literatura Portuguesa”- Organizado por Rosana Apolonia Harmuch e Antonio Augusto Nery

Sinopse: Entre os dias 13, 14 e 15 de junho de 2012, ocorreu na Universidade Estadual de Maringá (PR) o II Colóquio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários (CIELLI). Além de conferências com renomados autores da área de Letras, o evento contou com mesas-redondas, minicursos, sessões de comunicações e simpósios temáticos. Nessa última modalidade, os participantes poderiam se agregar para a discussão de temas mais específicos relacionados à grande área de Letras. Dentre os diversos simpósios que estruturaram o II CIELLI, Diálogos com a Literatura Portuguesa dedicou-se inteiramente à reflexão acerca da Literatura Portuguesa e suas interfaces. Lusografias: (re)leituras da Literatura Portuguesa é a coletânea de alguns dos estudos apresentados durante esse profícuo encontro.

Promoção: SMCT e organizadoras do Livro

Horário: 19h

Local: Centro de Cultura Cidade de Ponta Grossa

Ingressos: Entrada Franca

Atividade: “ Cantata de Natal” com o Coro em Cores

Promoção: SMCT e Conservatório Musical Paulino Martins Alves

Horário: 19h

Local: Shopping Antártica- Ingressos: Atividade Livre

5 de Dezembro- Quarta-Feira

Atividade: Grupo Arte Vida

Promoção: Atelie Cristina Sá

Local: Teatro Ópera – Auditório “B”

Horário: 19h30

Ingressos: 1 kg de alimento não perecível – Mais Informações: Cristina 3025 5110

6 de Dezembro- Quinta-Feira

Atividade: Concerto “ Banda de Metais de Percussão” do Colégio Sant’Ana Promoção: Colégio Sant’Ana/Carlos Taques

Local: Teatro Ópera – Auditório “A”

Horário: 20h

Ingressos: R$5,00

Mais Informações: Carlos 9933 4776

7 de Dezembro- Sexta -Feira

Atividade: “ Concerto para Piano”, com Newton Schenner- Evento realizado em homenagem a professora Márcia Sielski, de saudosa memória

Sinopse: Música transcendental e de inspiração romântica, com temas baseados em questões pessoais e literatura alemã

Promoção: Newton Schenner

Horário: 19h30

Local: Centro de Cultura Cidade de Ponta Grossa

Ingressos: R$ 4,00 ( preço único)

Anúncios
30/11/2012

Refeição completa pelo preço de um lanche

pratos2

Estabelecimento no centro de Ponta Grossa oferece uma alternativa de almoço rápido, barato e saudável

No centro de Ponta Grossa, existe uma opção de almoço que procura aliar sabor e economia. O grelhado, vendido na Tropical sucos, é um prato popular que conquista clientes tanto pelo preço, quanto pelo paladar. Pode-se notar tal aprovação dos clientes, pelo grande número de pessoas que frequenta o estabelecimento, entre 11h e 13:30h.

O prato consiste em um grelhado de carne com batata frita e salada. Uma junção de carboidratos, proteínas e sais minerais, que servem como uma refeição completa. O cliente pode escolher entre carne suína ou de frango pelo preço de R$ 5,00 ou carne bovina por R$ 6,00. Há mais de oito tipos de saladas compostas por vegetais frescos, como beterraba, pepino e cenoura. Além disso, o cardápio possui uma variedade de sucos com diversas combinações e preços variando entre R$ 1,50 e R$ 2,50.

Assim, quem pede o grelhado e um suco não paga mais do que R$ 8,00, o que indica uma alternativa econômica em comparação com outros estabelecimentos do centro da cidade. A principal desvantagem do grelhado é o atendimento. Não há um sistema de senhas e o consumidor é chamado pelo nome quando o prato fica pronto. Em horários de pico e intensa movimentação, fica difícil encontrar uma mesa livre.

Entretanto, esse desconforto não dura muito, pois o grelhado leva cerca de 5 minutos para estar na mesa do consumidor. A Tropical sucos é um ponto acessível e de fácil localização e, pois, uma alternativa para estudantes e trabalhadores da região central. Assim, quem quer uma refeição rápida, saudável e econômica não pode deixar de experimentar o grelhado servido na Tropical sucos.

Antonio Correia

Serviço:

Prato: Grelhado + fritas + salada

Local: Tropical Sucos

Endereço: Rua Santana e Rua Santos Dumont

Preço: Carne suína ou de frango: R$ 5,00 / Carne bovina: R$ 6,00

Horário em que o prato é servido: das 11h às 14h

30/11/2012

Gelado, barato e bem localizado

pratos2

Buffet de sorvetes da sorveteria Glaciale atrai o público da região Oficinas durante o ano todo

O verão se aproxima e a oferta de sorvetes que existe durante todo o ano fica mais visível. Localizada na avenida principal de Oficinas, a sorveteria Glaciale é a única do bairro que oferece o buffet de sorvetes. Um dos aspectos que atrai os clientes é o preço, o quilograma custa R$ 23,90, o que torna a oferta barata, se comparada ao preço de outros estabelecimentos da Cidade que ofertam buffet, como as casas do centro de Ponta Grossa, onde o preço médio é R$ 32,00 por kg.

O estabelecimento se divide em três ambientes, um deles ao ar livre, propício aos dias quentes. Mas os ambientes internos também possuem ventiladores, para amenizar a temperatura. O cliente monta o próprio prato e pode escolher entre 27 sabores de massas e também acrescentar três coberturas quentes, seis coberturas frias e 21 complementos, como morango, uva, gomas ou balas. Para se servir, há bandejas de isopor no formato redondo ou retangular e também cestinhas de casquinha doce.

IMG_3214

As colheres são de plástico, fáceis de quebrar. Quando as massas são mais duras, ou com pouco conteúdo nos potes do freezer, o cliente pode sentir dificuldade, já que se serve sozinho. As funcionárias se revezam entre atendimento e limpeza das mesas e o serviço de caixa. Além do buffet, a sorveteria vende picolés, sorvetes de massa em casca ou copo e potes prontos para viagem. Como opções para épocas de temperaturas frias, há no cardápio lanches, pastel, porções e bebidas, como suco e chocolate quente. A decoração do ambiente chama atenção, pois mostra imagens dos produtos que o cliente pode consumir.

Nicoly França

Serviço:

Buffet de sorvetes da sorveteria Glaciale

Preço: R$ 23,90 o quilograma

Endereço: Avenida Visconde de Mauá, 1480 – Oficinas PG

Atendimento: Diariamente a partir das 11h

Telefone: 3027-2223

30/11/2012

Boteking inova com sanduíches exóticos

pratos2

PG Burguer concorre ao 2º Concurso de comida de boteco com receita incomum e preço acima da média

O Boteking Barburgueria, localizado na rua Penteado de Almeida, esquina com a Brasílio Ribas, centro de PG, inova o panorama de lanches em Ponta Grossa. Ao olhar no cardápio nomes como Italianinho, Vegetariano e Comboteco, o cliente estranha, porém, vale a pena o pedido.

Dentre os lanches, o PG Burguer foi o escolhido a concorrer ao 2º Concurso de comida de boteco da Cidade. O sanduíche é composto por hambúrguer caseiro de carne de porco, queijo gorgonzola, pão, repolho roxo e raspas de limão. Junto ao lanche, vem uma porção de batatas fritas, e aqui vale destacar o não uso de batatas pré-congeladas – raridade nos bares pontagrossenses.

A receita incomum surpreende quanto ao sabor. O pão esquentado na chapa, vem levemente torrado e na temperatura morna, o que o deixa crocante. O hambúrguer quente, combinado com o gosto das raspas de limão, cria um sabor diferente. É a combinação clássica de misturar carne de porco e limão, mas utilizada em um sanduíche e muito bem usada.

Outro ponto de destaque é a apresentação do prato. O sanduíche é montado cuidadosamente para possuir uma aparência digna do sabor. Ainda, trazem pimenta e mostarda à vontade para o cliente.

Para acompanhar o lanche, o bar oferece cervejas artesanais, dentre eles o Chope Schultz Bier, produzido em Ponta Grossa. Além disso, há as opções clássicas de cervejas, como Budweiser, Brahma e Original, além de outras regionais. Destaca-se, ainda, o atendimento amigável e a decoração interessante do bar. Talvez, o único ponto negativo fica por conta do preço, R$ 9 reais, embora compreensível pela qualidade dos ingredientes do lanche.

André Packer

Serviço:

Lanche: PG Burguer

Preço: R$ 9,00

Rua Penteado de Almeida esquina com a Brasílio Ribas

30/11/2012

Carroça-chefe premiada merecidamente

pratos2

Bolinho caipira do Boteco da Visconde demonstra no paladar dos clientes porque venceu concurso gastronômico local em 2011

O tempo de aguardo pelo prato fez aumentar a ansiedade da degustação. No Boteco da Visconde, o bolinho caipira é o mais pedido entre os clientes. Talvez pela sua tradição desde a abertura do estabelecimento, em 2010, ou por ter sido premiado em 2011 pelo júri popular como melhor comida de boteco, no concurso realizado pela Secretaria de Cultura e Turismo de Ponta Grossa. Quando a porção chega, percebe-se que a casa fez por merecer o título.

As 10 unidades que preenchem o prato, no primeiro momento, lembram quibes, comida da culinária árabe. A casca dourada e crocante por fora esconde o recheio feito com carne de porco. A mistura de paleta, pernil e toucinho deixam o bolinho caipira com um sabor marcante, porém confunde um pouco o paladar do cliente, que precisa comer mais algumas unidades – sem culpa – para descobrir os ingredientes do prato. O limão serve de acompanhamento, mas o molho feito com ketchup, mostarda, maionese e pimenta é quem ajuda a deixar os bolinhos aromatizados, coloridos e mais saborosos.

boteco da visconde

O Boteco da Visconde caracteriza-se na cidade por uma decoração repleta de quadros, objetos antigos, camisas de futebol e até uma mesa com cadeiras no teto. Apesar da peculiaridade do ambiente e da educação dos garçons, o local peca por deixar os clientes, por vezes, mais de 25 minutos aguardando os pedidos. Para os clientes fieis, que não são poucos, um momento a mais de conversa entre amigos. O bolinho caipira, carro-chefe do Boteco da Visconde, faz valer a qualidade e o prêmio conquistado pelo estabelecimento.

Laísa Brigantini

Serviço:

Prato: Bolinho caipira

Local: Boteco da Visconde

Preço: R$ 13, porção com dez unidades

Endereço: Rua Visconde de Sinimbú, 383. Bairro São José

Atendimento: terça a sexta-feira, das 18 às 23h30 e sábado durante todo o dia

30/11/2012

Toques e sotaques nordestinos em Ponta Grossa

pratos2

A tapioca tem que subir na hora, porque fria não tem o mesmo sabor”, defende a única tapioqueira da Cidade

A Tapiocaria Salutte localiza-se na Av. Dr. Francisco Burzio em frente à Santa Casa de Misericódia, Centro de PG. Na entrada, a sensação é de arejamento e higiênie. Num espaço pequeno, cerca de 40m², percebe-se uma mistura de lanchonete e tapiocaria. Ao lado direito assados e frituras estão expostos num balcão de vidro. À esquerda, mesinhas redondas de mármore preto com poltronas confortáveis compõem o cenário. Simples e agradável. Garrafinhas antigas, com o nome e telefone do ponto, decoram as mesas.

Depois que o cliente faz o pedido, a atendente pergunta se quer que diminua algum item do recheio. Ela explica que alguns clientes preferem as tapiocas doces menos recheadas e consequentemente com sabor mais suave. A tapioca é servida quente, num refinado prato de porcelana que, aliado ao capricho da decoração da massa, agrada primeiramente na aparência. O sabor escolhido foi “sensação”, motivado por ser o mais solicitado, segundo a atendente.

Recheada e coberta com fios de chocolate, calda de morango, leite condensado e pedaços grandes de morangos maduros. Uma combinação de caráter um pouco ácido do morango com os outros ingredientes doces, incorporados a massa macia e delicada, produzida através da fécula da mandioca. Entre as tapiocas salgadas, a mais solicitada é a “arretada”, que inclui no recheio e cobertura, frango desfiado, bacon, queijo e coco. Os outros sabores são mista, queijo, exibida e milho verde. Entre as doces, charge, banana matuta, chamego, beijinho, prestígio, sensação e Lampião e Maria Bonita. Cada tapioca custa em média R$ 5,00.

Roseli Stepurski

Serviço:

Tapiocaria Salutte

Endereço: Av. Dr. Francisco Burzio, 779 – Centro – Ponta Grossa

Telefone: 3025-1202

Atendimento: segunda à sexta das 8h às 20h / sábado das 8h Às 18h

 

30/11/2012

Direto do forno para a mesa

pratos2

Franquia Mr. pretzels apresenta o sabor do produto de canela com açúcar feito na hora

Originalmente, o pretzel era um pão em formato peculiar, crocante e salgado. Não se sabe ao certo onde foi criado. Alguns estudos indicam a Itália medieval, e várias histórias dão créditos à pessoas diferentes sobre a referida invenção. Uma delas, é a história do monge que queria criar um pão que representasse dois braços em oração, cada espaço do pão representaria um ente da trindade cristã, além de serem associados a sorte. Graças à massa feita basicamente de manteiga, farinha de trigo e fermento, o pretzel foi difundido ao redor do mundo com o passar dos anos.

download

A versão do pão feita pela franquia especializada Mr. Pretzels é um pouco diferente da original, e com muito mais variedades de sabores e formatos. A massa não é mais crocante, e sim de uma textura que derrete na boca. O pretzel de açúcar e canela é considerado como o mais vendido e o sabor tradicional da casa. Para quem gosta de massas doces, o sabor é o ideal, já que o açúcar e canela dão um toque sutil, e que dificilmente enjoa. Além disso, o cliente pode variar entre as diversas opções ofertadas.

Um dos pontos negativos é o tempo de demora para o consumo do produto, já que é feito na hora com a intenção de fornecer aos clientes um sabor original. Para ficar pronto, o pretzel de canela com açúcar leva em média 20 minutos, que valem a pena pelo resultado encontrado. Outro fator importante é o preço, com o custo médio de 6,00 reais o consumidor deve preparar o bolso, já que um apenas pode não ser suficiente para saciar a vontade de comer o produto.

Thaís Belluzzo

Serviço:

Mr. Pretzel

Local: Shopping Palladium, rua Ermelino Leão 703 – Centro de PG

Horário de atendimento: das 11 às 23hrs

 

30/11/2012

Mini no tamanho, máximo no sabor

pratos2

Rede de mini sanduíches com nomes originais oferece lanches com massa crocante por fora e macia por dentro

Lanches rápidos e de minis porções são as novidades para quem não gosta de esperar muito por uma refeição. A rede de sanduíches Vininha é mais uma nessa faixa do mercado e oferta um serviço na Cidade. Os lanches mais pedidos em PG são o Vininha, o Calabrinha, o Burguinha e o Carne Seca.

Com um atendimento eficiente, os minis sanduíches são acompanhados de maionese, catchup e mostarda. A apresentação do prato, apesar de não se tratar de um restaurante, mostra a preocupação com a individualidade. Os minis lanches chegam em um saco de papel estampado, em cima da bandeja. Mas dentro, cada sanduíche é embalado em um saquinho específico impresso originalmente com o mascote da rede e o nome do prato.

67637_306864132759847_825317080_n

Diferente de alguns fast foods, a refeição chega quente à mesa. A massa é a mesma em todos os lanches, crocante por fora e macia por dentro, e possui uma textura fofa, sem abusar do sal. Dos minis mais pedidos, o Calabrinha se destaca, com uma camada de queijo cheddar combinado com a calabresa, o sabor se funde com a massa provocando sensações agradáveis na boca. Entretanto, o Burguinha pode não agradar a todos com o tempero mais carregado no alho e o hambúrguer um pouco mais duro que o convencional.

O lanche que dá nome à rede é um clássico e combina com os molhos oferecidos. Já o de carne seca não faz jus à foto do cardápio, que mostra uma cobertura espessa de queijo, o que não há. O lugar também oferece bebidas, sobremesas, combos, sacolas ecológicas e canecas. Com um ambiente amarelo e laranja, a loja se mostra jovem e com uma decoração, assim como seus lanches, minimalista.

Camila Gasparini

Serviço:

Vininha Ponta Grossa

Endereço: Rua Coronel Bitencourt, 348

Vininha – R$ 1,20 / Calabrinha – R$ 1,15 / Burguinha – R$ 1,25 / Carne Seca – R$ 1,45

Aberto de segunda-feira a sábado das 13h às 22h

 

30/11/2012

Barreado nas sextas-feiras pontagrossenses

pratos2

O restaurante Dom Afonso possui a receita em seu cardápio, um dos poucos que oferecem o prato na cidade

O barreado, prato feito com carne cozida desfiada e farinha, com um caldo grosso, é uma das marcas da cidade de Morretes e um dos pratos tradicionais do Paraná. Mas, mesmo com toda essa característica regional, encontrar um barreado em Ponta Grossa é uma tarefa difícil.

Um dos poucos estabelecimentos que servem o prato é o restaurante Dom Afonso, que costuma adicionar o barreado aos pratos no Buffet das sextas-feiras. Além do barreado, o restaurante oferece Buffet diariamente, com pratos diversificados pelo preço de R$ 24,90 o quilo. Um preço acessível, se comparado aos demais restaurantes nos arredores do campus central da UEPG.

O Dom Afonso não deixa a desejar no acompanhamento, oferecendo os complementos típicos do barreado: arroz branco e farinha, ou farofa. Contudo, os barreados mais tradicionalistas também são acompanhados por banana e laranja, que não fazem parte do cardápio do restaurante.

Além disso, ele possui menos caldo do que outras versões do prato, o que o deixa um tanto ressecado. Talvez, seja uma consequência da transferência do prato, tirado da panela de barro e depositado em uma das bandejas do Buffet. Tradicionalmente, a receita é servida diretamente da panela que mantém temperatura e sabor por mais tempo.

Vale constar que o “efeito-barreado” aumenta consideravelmente o movimento nas sextas-feiras e o prato costuma terminar antes do fim de expediente. O Dom Afonso possibilita o cadastro de um número de telefone ou endereço de email do cliente, junto às receitas de sua preferência. Assim, o restaurante avisa quando elas constarem no cardápio.

Rubens Anater

Serviço:

Restaurante Dom Afonso

Av. Monteiro Lobato, nº 650 – Jardim Carvalho – PG

Telefone (42) 3224-2319

Buffet por kg a R$ 24,90 (média do prato: 10 a 15,00 por pessoa)

25/11/2012

“Lava bem, lava bem a sua marreca”

Apesar de entoar músicas alemãs conhecidas, bandas germânicas não atraíram grande público no pavilhão da München Fest

Em 1989 nascia um dos mais tradicionais eventos alemães do Paraná, a Festa Nacional do Chope Escuro de Ponta Grossa (München Fest). Com atrações advindas da Alemanha, como a banda Götz Buam, o festejo possuía o caráter de reunir a população para ouvir canções germânicas e consumir pratos típicos e, é claro, o chope – tanto o claro, quanto o escuro. Contudo, com o decorrer de suas edições, esse costume alemão perdeu seu espaço para bandas que entoam músicas sertanejas, pagodes e rock. O famoso ‘Zig Zag, Zig Zag, Oi Oi Oi’ agora serve apenas como um plano de fundo da festa.

No primeiro dia (23/11) de festividades da 23ª München Fest, os foliões tiveram a oportunidade de ouvir as canções alemãs orquestradas pela banda ‘Alma Germânica’, que participou em 2012 da Oktoberfest em Blumenau (SC). No entanto, o número de pessoas era baixo em comparação com o palco principal da festa, que estava cheio à espera da dupla sertaneja Thaeme e Thiago. Com o uso de roupas alemãs, nas cores rosa e preta, e instrumentos musicais variados, o grupo conseguiu animar as poucas pessoas presentes.

Imagem

Foto: Divulgação

Se antes não tinha muitas pessoas no pavilhão, com o início da atração principal, o local ficou quase vazio – quase, pois ainda era possível observar algumas famílias. Após a apresentação de Thame e Thiago, o pavilhão voltou a ficar mais ocupado. Contudo, não devido às músicas alemãs, pois os grupos que estavam tocando escolheram canções típicas de festas universitárias, como sertanejos e pagodes. Será o fim do ‘Ein Prosit’ e até do chope, e o início da caipirinha e do ‘Ai, se eu te pego’ na München Fest?

Marina Demartini

Serviço:

Festa Nacional do Chope Escuro – München Fest

Local: Centro de Eventos de Ponta Grossa

Data: 23 de novembro até 03 de dezembro

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). Podem ser adquiridos nos

Supermercados Tozetto, Shopping Antarctica, Rede de Postos BV, Shopping Palladium e Play Conveniências