Posts tagged ‘Antena’

22/11/2013

Entre a jovem guarda e as últimas notícias

antena

Programa da Rádio Clube, apresentado por Chocolate, alterna informações e canções que marcaram uma época

         O programa ‘Música e Informação’, da Rádio Clube de Ponta Grossa (AM 1080), leva ao ouvinte o saudosismo das canções da jovem guarda entre as últimas notícias. Apresentado por uma das vozes mais conhecidas e respeitadas do rádio ponta-grossense, Nelson Ribeiro, conhecido pelo apelido de ‘Chocolate’, o programa segue praticamente o mesmo ritmo nas duas horas de duração.

         No início de cada bloco, o apresentador fala das canções tocadas anteriormente, lê as notícias, e, em seguida, fala o nome da próxima canção executada no programa, e então duas músicas são apresentadas, uma nacional e outra internacional. O locutor destaca as informações regionais de diversos temas, desde tragédias até notícias esportivas, mas a maior parte do programa é dedicada às músicas, o que torna o jornalismo complemento, e não parte principal de ‘Música e Informação’.

chocolate1

         Foto: Divulgação

         A maioria das canções transmitidas é de clássicos da jovem guarda, e canções românticas internacionais dos anos 1960 e 70, o que revela o público-alvo do programa. Um dos aspectos da produção é que não há uma quantidade elevada de propagandas e há um espaço para campanhas, como é o caso da atual campanha em defesa do direito das crianças.

        Um dos principais pontos que dão audiência ao programa é o horário reservado para a utilidade pública. Como no momento em que o locutor lê os empregos disponíveis da agência do trabalhador, e separa entre os que requerem ou não de experiência, além dos falecimentos do dia, momento qual é informado o horário do sepultamento e o local onde viviam os falecidos.

João Henrique Santos Souza

Serviço:

O programa é apresentado na Rádio Clube AM 1080 KHz, das 16 às 18h.

O site da rádio é www.prj2.com.br

Anúncios
03/11/2013

Manhã de variedades da T

antena

Programa de emissora FM de radiodifusão Investe em programação bem humorada para conquistar o público ouvinte 

Com uma programação típica do horário matinal, o Manhã da T é apresentado por Marcilio e Michele na Rádio T FM, frequência 99,9 MHz, e tem uma duração de duas horas, das 8 às 10 horas, de segunda a sexta-feira.

O programa é dinâmico e atende os requisitos para ir ao ar no horário ocupado, onde é necessário priorizar uma relação com variados segmentos, seja em casa ou no trabalho, principais ouvintes das programações. São apresentadas pequenas notas sobre o que acontece na cidade, junto de cobranças por serviços públicos locais (Prefeitura), músicas de vários gêneros, horóscopo, datas comemorativas (como o dia do Saci, em 31 de outubro), por exemplo, voltando ao tema algumas vezes com comentários e explicações no caso de datas folclóricas. O programa apresenta, também, a previsão diária do tempo e a cotação da bolsa de valores.

antena

Foto: Divulgação

As propagandas são intercaladas e não deixam o programa pesado, fluem de forma leve durante a programação, entrando de maneira rápida e sem ocupar muito tempo. E, dependendo da propaganda, são divulgadas vagas de emprego e o estabelecimento que utiliza esse espaço.

Com mensagens recebidas pelo celular ou pelas redes sociais, os apresentadores interagem na maior do tempo com o público. Nas conversas entre eles, os radialistas abordam temas cotidianos, tanto femininos, por conta de uma apresentadora, e masculinos, como os resultados após rodadas de futebol, com direito a comemorações e provocações.

É provável que o programa consegue atingir seu público-alvo e conquistar a fidelidade dos e das ouvintes, por manter a dinâmica de interação e deixar claro que o programa é feito para o público.

            Leandro Oliveira

Serviço:

Programa: Manhã da T

Rádio T FM – 99,9 MHz. Horário: 8h às 10h

Etiquetas: ,
28/10/2013

A fé cristã pelas ondas sonoras

antena
Programa ‘O Poder da Palavra’ vai ao ar diariamente pela Clube AM de Ponta Grossa

“Olá, que a graça e paz do nosso Senhor Jesus Cristo esteja com todos os nossos ouvintes”. Com essas palavras, o radialista e missionário Daniel Paulo Pereira inicia o programa gospel ‘O Poder da Palavra’. Transmitido pela Rádio Clube Ponta-grossensse (AM 1080 Khz), o programa vai ao ar diariamente de segunda a sexta-feira, das 18 às 19h.

De cara, por causa do título e do formato dos temas veiculados, pode-se concluir que o programa é voltado ao público evangélico. Em alguns momentos, é perceptível o uso de críticas a outras religiões de doutrinas e crenças diferentes. Ao apelar para as críticas, o missionário faz com que o programa perca, em partes, a verdadeira essência.

É comum, em muitos programas de rádio, a participação dos ouvintes por mensagem de texto, e-mail ou através de ligações ao vivo. No caso de ‘O Poder da Palavra’, a interatividade com o ouvinte não acontece em momento algum, pois aproximadamente 90% da produção é desenvolvida em torno de leituras bíblicas. Isso faz com que o programa se torne cansativo para quem gosta de uma boa música gospel, vertente que poderia ser explorada pelos produtores da “Palavra de Deus”.

O improviso fica notório pois, segundo o próprio locutor, não existe nenhum preparo antecipado ou cronograma a ser seguido. A única ferramenta de auxílio é a Bíblia, que fica o tempo todo aberta no livro do Novo Testamento.

O programa não possui fins lucrativos. E, portanto, não dispõe de espaços para intervalos comerciais. O custo fica por conta dos próprios ouvintes que, através de uma conta bancaria, fazem suas colaborações.

Sidnei Sassaki

Serviço:
O programa O poder da Palavra vai ao ar, diariamente, das 18 às 19 horas, pela Rádio Clube Ponta-Grossensse (Am 1080 Khz) e é produzido pelo Ministério Torre Forte.

 

12/10/2013

Pra quem pede Bizz pro Rock’n’Roll!

Rádio web atende a um público específico, mas decepciona em falhas técnicas e falta de atualizações

antena

Bizz Rock é uma rádio web de Ponta Grossa, destinada ao público que gosta do gênero rock’n’roll e suas vertentes. O site é bem organizado, apesar de ter alguns elementos que atrapalham a visão de quem o acessa, como alguns giffs que piscam incessantemente na lateral do site. A rádio promete programações diferenciadas, dependendo do horário, como os programas Trip 80’s, Bizz Underground e Acústico Bizz. Fica o destaque para o programa Garimpo da Bizz, dedicado às novas bandas brasileiras.

Mesmo estando há meses no ar, o site da Bizz Rock ainda está em construção. E, portanto, a ordem das músicas ainda é aleatória. Um ponto positivo da rádio é que existe o botão “pedidos”, ao lado do player, que abre uma caixa para que o ouvinte peça sua música favorita. Por outro lado, em alguns horários a rádio fica desconectada. No site você pode encontrar várias formas de ouvir os conteúdos, em vários tipos de players, com opções para os sistemas Android e iOS. O site também oferece notícias relacionadas ao rock, mas que não são atualizadas há meses.

Nova Imagem

A Bizz Rock tem parceria com o bar Bola 13, frequentado na cidade pelos amantes do rock’n’roll. Isso proporciona que o público da rádio fique sabendo, através da divulgação do site, quais bandas irão tocar no bar. A rádio divulga também outros espaços que possuem eventos relacionados a este gênero musical. A grande sacada da rádio é atender a um público que não possui mais uma rádio destinada ao rock’n’roll, além de ter a possibilidade de cobrir eventos que já possuem um grupo fiel de frequentadores.

Marcela Ferreira

Serviço:

O endereço da Bizz Rock é bizzrock.com

27/09/2013

Não tem música, e tampouco notícia regional

antena

Rádio Joven Pan de Ponta Grossa transmite programas locais, mas não dá destaque para a cidade

A emissora afiliada ponta-grossense da rede Jovem Pan tem a maior parte de sua programação vinda de São Paulo e retransmitida para as rádios filiadas de todo o país. Somente durante as manhãs e as noites os programas são realizados em Ponta Grossa, com locutores locais. O foco da emissora é o entretenimento e a música (popular) internacional, com pouco espaço para programas noticiosos. Os principais programas da Jovem Pan são de música ou humor.

Para quem ouve rádio enquanto vai para algum lugar ou enquanto dirige e gosta das músicas que estão nas principais paradas de sucesso, a Jovem Pan se torna uma boa opção. Porém, não parece ser a melhor pedida para quem busca bons programas jornalísticos ou noticiosos. Em toda a grade da emissora, apenas dois programas são de notícias.

Divulgação

Divulgação

Outro fator deixado de lado é o foco na realidade local. Os poucos programas de notícias da Pan têm conteúdo nacional, sem destaque especial para os acontecimentos de Ponta Grossa. Os únicos acontecimentos da cidade salientados pela rádio são as apresentações musicais, de forma publicitária, algumas vezes sorteando ingressos.

Todavia, o conteúdo humorístico também se torna um atrativo para o público da emissora. Os programas ‘Pânico’ e ‘Missão Impossível’ são os maiores programas em audiência da Jovem Pan, com participações ao vivo por telefonemas durante os programas. Além das participações dentro da programação, os ouvintes podem interagir escolhendo as músicas que serão tocadas durante o dia, sendo que somente as mais pedidas vão ao ar.

Lorraine Almeida

 

Serviço:

Em Ponta Grossa, a rádio Jovem Pan é transmitida na FM 103,50 Mz.

Etiquetas: ,
13/09/2013

Existe competência, falta inovação

selo flicamposFolclórico sistema de som da II Flicampos cumpre demandas, mas poderia apostar em programação exclusiva

      Há relatos engraçados sobre o sistema interno de som da II Festival Literário dos Campos Gerais (Flicampos). Frequentadores da feira apontam que, vez ou outra, uma grande salada musical marcava presença nos autofalantes: Chico Buarque, Caetano Veloso e outros ícones da MPB foram intercalados com os não menos icônicos Xuxa e Sandy & Júnior, para citar um exemplo.

      A mistura, que rendeu boas risadas aos passantes e comentários irônicos nas redes sociais, foi apenas uma engraçada amostra da ortodoxa sonorização do evento. As caixas de som espalhadas por toda a estrutura cumpriram bem a tarefa de informar sobre os horários das atividades, e as palestras e apresentações culturais não sofreram com chiados, microfonias ou nada do tipo. Entretanto, o sistema não foi além do feijão com arroz.

      Na maior parte do tempo, a feira foi embalada por quase inaudíveis playlists, com músicas que se perdiam em meio ao burburinho dos visitantes. As chamadas rádios corporativas ou rádios internas, com programação voltada para eventos e locais específicos, poderiam ser uma alternativa para escapar da mesmice e, talvez, aumentar a interação com o público. Seria divertido entrevistar compradores, veicular informações sobre palestrantes e, em suma, montar uma programação diferenciada para o evento.

Foto: Keren Bonfim

Foto: Keren Bonfim

      Vale ressaltar que estruturar uma pequena rádio interna exige pessoal especializado e mais gastos, mas talvez tal empreendimento possa ser um diferencial para a feira literária, que tem pretensões internacionais. A sonorização cumpriu com o que devia e não deixou a desejar em sua função básica. O que faltou foi apenas a cereja do bolo.

Rodrigo Menegat

 Serviço:

A playlist da II Flicampos toca durante todo o evento, a não ser quando há palestras ou apresentações musicais.

16/08/2013

Um canal para aprender a fazer rádio

antena11

Web rádio é produzida por estudantes de Jornalismo da UEPG há quatro anos

     A RádioWeb é um projeto de extensão vinculado ao curso de Jornalismo da UEPG, coordenado pela professora Zeneida Assumpção, desde 2008. O conteúdo varia entre cultura, educação, saúde, assuntos e eventos que envolvem e aconteçam na Universidade.

     Os alunos que integram o grupo produzem boletins de notícias três vezes por semana. Além disso, no site da rádio estão publicações dos áudios que os demais alunos do curso de Jornalismo – não ligados diretamente ao projeto – produzem nas demais disciplinas para rádio.

     No site é possível encontrar os áudios gravados anteriormente pelos alunos, que podem ser ouvidos a qualquer hora e quantas vezes se achar necessário. A qualidade de locução e texto varia de aluno, e as técnicas adquiridas por cada ator, já que o projeto conta com acadêmicos de diferentes séries da graduação. Não existe possibilidade de transmissão ao vivo, nem há interatividade com o público. Um déficit mais relativo à elaboração do site do que da organização do projeto.

logoFoto: Divulgação

     A iniciativa não possui uma identidade própria, segmentação, nem público alvo definido. Por ser um projeto que visa o aperfeiçoamento profissional, os alunos necessitam exercitar todas as áreas do radiojornalismo. E também outros setores do rádio não jornalístico, como a produção de radionovelas e adaptação de textos literários para radiodifusão.

     A RádioWeb, mesmo sem transmissão ao vivo, tenta suprir a inexistência de uma rádio universitária na UEPG. Porém, não exige dos alunos integrantes a necessidade de uma programação periódica. A sua existência é um tanto obscura para os estudantes dos outros cursos da UEPG, talvez pela escassa divulgação.

Letícia Augusta

Serviço: http://radioweb.uepg.br/

09/08/2013

Conteúdo para poucos escolhidos

antena11

Bispo Edir Macedo controla único meio radifônico inteiramente religioso da Princesa dos Campos

     Em 2002 nascia em Ponta Grossa a primeira emissora radiofônica com programação cristã. Rede Aleluia FM 93.1 é a única estação da cidade com conteúdo inteiramente voltado a questões religiosas. O veículo, que pertence à Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), é voltado para um público seleto, como demonstra o slogan: “Rede Aleluia, a rede da família cristã”.

       Composta por canções gospel e seculares em um quadro com cunho religioso (a exemplo da atração ‘Terapia do Amor’, a grade apresenta canções românticas pedidas pelos ouvintes, a fim de uni-los em nome de Deus). A programação local é feita por meio da pregação de pastores da Igreja Universal da cidade, com leitura de orações e promessas aos ponta-grossenses, que podem ligar para a emissora e pedir bênçãos ou testemunhar algum milagre que tenham recebido.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 A segmentação da emissora indica uma limitação de público, o que consequentemente diminui a audiência e popularidade do veículo. Também existe a questão da falta de programação local pois, em geral, os programas são transmitidos via satélite do Rio de Janeiro. Sem uma identidade regional, a Rede Aleluia diminui as chances de proximidade com o público ponta-grossense.

     A rede da família cristã também se propõe a evangelizar a população. Por meio das transmissões da rádio mais pessoas podem conhecer a Igreja Universal e, por consequência, a instituição pode agregar mais membros. O contrário também acontece, quando os membros da denominação passam a ouvir a rádio, consolidando a audiência de uma determinada programação.

Rafaelly do Nascimento

Serviço:

Rádio: Rede Aleluia 93.1 FM

24 horas no ar, com programação local e do Rio de Janeiro

Site: http://www.redealeluia.com.br/

28/06/2013

Quando a rádio sai “protestar”

487913_474440032604010_505364212_n2

Difusora e Santana abriram espaço para coberturas dos protestos, mas Rádio Clube apenas leu notícias dos jornais impressos

            E se, de repente, milhares de brasileiros saíssem às ruas para protestar por melhores condições de vida? Muitos imaginaram isso, só não pensaram, talvez, que esse dia estivesse tão próximo. Os protestos, que começaram em São Paulo e pediam a redução da tarifa de ônibus, se espalharam pelo País. No dia 17 de junho foi a vez de Ponta Grossa aderir ao movimento nacional. O protesto ‘Verás que um filho teu não foge à luta’ teve participação de mais de quatro mil pessoas. As emissoras locais, como veículos instantâneos e diretos, também deslocaram jornalistas para participar da cobertura.

            A rádio Difusora (AM 690 KHZ) acompanhou a primeira manifestação que aconteceu na cidade e apresentou os consequentes desdobramentos dos protestos. Os programas jornalísticos do período da manhã deram destaque maior ao que ocorria no município. Não houve, porém, a realização de matérias especiais sobre as manifestações. Os locutores e jornalistas comentavam sobre outros protestos que ocorriam no país. No momento, o tema em evidência na rádio é a greve dos motoristas do transporte coletivo da Cidade e a possível greve dos frentistas de postos de combustíveis. Os dois assuntos são tratados, pelos locutores, como reflexos das manifestações.

antena

Foto: Keren Bonfim

            Na rádio Santana (AM 900 KHZ), as manifestações não passaram despercebidas. Pela manhã, os jornais da rádio comentaram o caso e exibiram reportagens. Comentários sobre os protestos também foram divulgados. Já a rádio Clube (AM 1080 KHZ) praticamente se limitou em ler as manchetes e notícias divulgadas nos jornais locais.

            Além do Facebook, as emissoras funcionaram como uma espécie de “divulgador” do que ocorria na cidade. As pessoas que não estavam conectadas às redes sociais puderam acompanhar os movimentos pelo rádio. No momento em que Ponta Grossa vive um período de greves, as rádios locais, de fato, precisam estar nas ruas para acompanhar o “Inverno Brasileiro”.

 

Keren Bonfim

Colaboração: Nei Sassaki e Gabrielle Koster

Serviço:

As rádios Difusora e a Santana acompanham a greve dos motoristas do transporte coletivo nos programas jornalísticos.

Rádio Difusora 690Mhz AM. Pode ser ouvida pela internet no site http://www.difusora690.com/

Rádio Santana: 900 Mhz AM. Pode ser ouvida pela internet no site http://www.radiosantana.com.br/

29/05/2013

“Só na rádio Leeds você escuta…”

487913_474440032604010_505364212_n2Emissora opta pelo pop rock nacional e provoca interação com os ouvintes pelas redes sociais

     A Leeds é uma rádio web vinculada à casa noturna Leeds. A emissora tem uma programação essencialmente musical. Além da versão na web, pode ser ouvida em iPhone, iPad, iPod e plataforma Android. A opção é pelo pop rock nacional, apesar de ouvintes pedirem algumas bandas internacionais na página do bar no Facebook. Em uma hora de programação apenas uma música internacional tocou.

     A sequência das músicas é de responsabilidade da rádio T (rádio FM de Ponta Grossa). O player de execução é limpo e possui apenas as funções básicas de play, pause e volume, sob a logo do pub. Comentários de ouvintes na página do bar também pedem pela indicação das músicas. O ouvinte que se interessa em buscar a banda que ouve na rádio Leeds não possui nenhuma referência do título da canção. Informar próximo ao player a música que está tocando na rádio resolveria o problema.

jonssonFoto: Divulgação

    É comum escutar faixas de discos ao vivo. Em alguns casos, a música acaba e o ouvinte escuta o cantor chamando a próxima canção do álbum, mas a lista de reprodução adiciona uma música aleatória. Ajustes em músicas ao vivo são essenciais, assim não se corre o risco de criar expectativa falsa no ouvinte. As canções são intercaladas pela vinheta da rádio e o horário.

    Apesar de produzir anúncios de shows relacionados ao bar e promoções de pratos da casa, a rádio Leeds não revela interesse comercializar o serviço. É apenas uma rádio web que toca músicas que se adequam ao estilo do pub. A produção utiliza canções de um mesmo álbum repetidas vezes, o que pode espantar ouvintes que não gostam de um determinado grupo musical.

 

André Jonsson

Serviço: A rádio Leeds pode ser ouvida em http://www.leedspub.com.br

 

 

Etiquetas: , ,