Archive for ‘Pratos&Drinks’

23/11/2014

Espetinho dentro do Busão

10565728_472674479501982_1372882979_n

Busão do seu Leão, no Nova Rússia, oferece 15 tipos de espetinho

Já pensou em comer  espetinho dentro de um ônibus? Não os de transporte coletivo, claro. Mas sim um adaptado com bancos e mesas para os clientes se deliciarem com uma variedade de espetinhos. Esse é busão do seu Leão, que estaciona de segunda à sábado na Avenida Ernesto Vilela, bairro do Nova Rússia,  oferecendo uma variedade de quinze sabores diferentes de espetinhos.

Uma televisão colocada na frente do ônibus distrai o cliente enquanto este espera o espetinho assar. Em  alguns minutos ele está pronto. Um dos funcionários leva até a mesa o prato com molho de pimenta e mostarda, além de limão e farinha. A carne é suculenta e fresquinha. De dar água na boca. Logo na primeira mordida sente-se um tempero diferente, que seu Leão não quis revelar em conversa, e nem os próprios funcionários sabem o segredo. Difícil descrever, só indo lá provar!

No busão só é oferecido espetinho. Tem de alcatra , xixo, carneiro, costela, mingnon, porco, fraldinha, kafta, coração,queijo, abacaxi, picanha, linguiça, frango e o medalhão. Para beber, cerveja e refrigerante. E mesmo sendo assado dentro do ônibus, ao fundo dele mais precisamente, percebe-se que a fumaça é inexistente. O único cheiro, e que cheiro bom, é o da carne assada na hora que está em sua mesa servida. Sem dúvida um belo local pra um happy hour  com amigos ou uma noite agradável com a família.

Eles ainda oferecem serviço de disque entrega. E diferentemente de outros carrinhos de churrasquinho aqui da cidade, no ônibus o cliente também tem a opção de pagar no cartão crédito ou débito. Se acaso passar pelo local a noite e ver o ônibus estacionado,  entra lá e não vai se arrepender. Pois se os do transporte coletivo deixam a desejar em vários aspectos, esse ônibus  te deixará satisfeito e com vontade de entrar de novo.

 Marcelo Ribas

Serviço:

Os preços variam de R$ 3,00 à  7,00 cada espetinho. Está localizada na rua Ernesto Vilela nº 918, Nova Rússia e atende das 19:00 hrs até 23:00 hrs. Telefone disque entrega: (42) 3222 5687  ou (42) 9804 0909.

Anúncios
13/10/2014

Uma iguaria mexicana

10565728_472674479501982_1372882979_n

Comida típica mexicana tem agradado paladar do público pontagrossense

O Taco é um prato muito popular no México e agora tem ganhado espaço na cidade de Ponta Grossa. Feito com base de carne, queijo, temperos e molhos, o prato se diferencia da comida brasileira quando adicionado feijão preto e o tradicional guacamole.

Para quem realmente gosta de comida mexicana, o taco é uma excelente opção, pois a pimenta ao ser adicionada no prato, deixa o prato com um gosto tipicamente mexicano. O que não é muito agradável, é que os restaurantes de Ponta Grossa que oferecem esse prato deixam a pimenta a escolha do cliente, o que acaba perdendo a validade típica do prato.

A massa que acompanha os principais ingredientes, geralmente é feita com massa para pastel. Mas a verdadeira e boa massa do taco, deve ser crocante. Os restaurantes mexicanos da cidade também deixam a desejar nesse quesito, pois possuem uma massa muito mole e fácil de quebrar.

A maneira que o taco é servido não é muito agradável. Geralmente vem embrulhado apenas em um guardanapo ou em caixas, o que acaba sendo anti-higiênico. O que também dificulta é que do modo como é servido, muitas vezes os ingredientes caem e acaba não sendo tão agradável de comer.

Vinicius Biazotti

Serviço:

O Taco é servido nos restaurantes Taco Chicano e Montecito de Ponta Grossa.

04/08/2014

Uma cópia mais ou menos

pratos e drinks

Com um exagero de molho, o principal prato da cervejaria Bier Hoff deixa a desejar, no preço e no sabor

            Apesar de ter seu foco voltado para as bebidas, a cervejaria Bier Hoff também conta com um cardápio relativamente variado de pratos para acompanhar quem vai ao estabelecimento tomar as cervejas artesanais que ele oferece. O prato com maior destaque é o Costelinha Barbecue, que, segundo o cardápio, consiste em uma “saborosa costelinha de porco assada com molho barbecue”, tudo isso acompanhado de arroz e batata frita.

            A verdade é uma só: o destaque do prato é o arroz e a batata frita que o acompanham. Apesar de possuir uma aparência apetitosa quando chega à mesa, a costelinha em si deixa a desejar. Pouca carne e muito molho. A quantidade excessiva de molho que é colocado na costelinha acaba dificultando a identificação do que é carne e o que é osso, o que pode causar alguns acidentes durante a degustação. Além disso, o molho americano Barbecue é muito forte e a grande quantidade em que aparece acaba tornando o prato extremamente enjoativo.

            Um prato parecido pode ser encontrado em grandes redes como o Outback e sem dúvidas, na comparação, a versão da Bier Hoff leva desvantagem, em grande parte pelo exagero de molho na carne. Na cervejaria, a Costelinha Barbecue pode ser pedida em prato individual ou para duas pessoas e o preço é relativamente salgado pra quem compra a opção individual. Porém, pra quem prefere experimentar com os amigos, o prato para duas pessoas serve três tranquilamente.

 Kamila Vintureli

10555177_476204312482332_1337166845_n

Serviço

A Costelinha Barbecue custa em torno de 20 reais o prato individual e o prato para duas pessoas em torno de 60 reais.

A cervejaria Bier Hoff se encontra no piso superior do Shopping Palladium, na Rua Ermelindo de Leão, 703, Bairro de Olarias.

24/07/2014

Açúcar, doce de leite e massa no copo

10565728_472674479501982_1372882979_n

Não são os “deliciosos churros de Dona Florinda”, da série mexicana Chaves, mas os churros no copo também são uma boa pedida.

Assim como as coxinhas no copo, já criticadas também pelo presente site, os churrinhos no copo também são uma boa opção para um lanche rápido e saboroso. Os pequenos doces fritos têm feito sucesso em Ponta Grossa, onde pessoas fazem fila no Calçadão para comprá-los junto a quibes, coxinhas e bolinhas de queijo também vendidas em copos.

Também pudera: os churrinhos saem mais barato do que um churro em tamanho normal, também vendido no calçadão – enquanto os comuns custam de R$ 3.00 a R$ 5.00, os pequenos no copo são vendidos entre R$ 1,50 e R$ 3,00 por uma
quantia semelhante de alimento.10481174_682249855179357_1147169102181627029_n                                                                                                     foto divulgação

Claro que tudo é colocado no custo/benefício. Os churros de copo não são tão gostosos quanto os convencionais. A única opção de recheio é o doce de leite, e o doce acaba se misturando à massa no ato da fritura, enquanto churros comuns podem ser recheados com doce de leite, chocolate, e alguns até com leite condensado. Os de copo também não possuem cobertura como os de tamanho padrão, que costumam oferecer granulado, amendoim e confeitos como opções de cobertura.

 

Como ele é recheado antes de ser frito, o churro de copo acaba recebendo bem mais açúcar depois de preparado, e boa parte deste se deposita no fundo do recipiente, adoçando ainda mais os alimentos que ficam para o final. Mas há um ponto positivo: eles são guardados em uma estufa, prontos para a venda. Isso significa economia de tempo (e rápida circulação da fila que normalmente se forma para comprar o doce, principalmente em horários de pico), e garante também que os churros permaneçam quentes até serem consumidos, diferentemente de alguns convencionais que ficam em temperatura ambiente esperando pela comercialização.

Matheus Dias

Serviço: Os churrinhos no copo são vendidos no Calçadão de Ponta Grossa, e também na Av. Vicente Machado. Os preços variam de R$ 1,50 para o copo “pequeno”, e R$ 3,00 para o copo grande.

27/06/2014

Doce na medida certa

pratos

A torta trufada da Companhia da Torta agrada por não ser enjoativa

Com duas camadas de recheio e três camadas de massa, a torta trufada da Companhia da Torta conta com uma cobertura de chocolate com detalhes em creme branco. O sabor está entre as 25 opções que a companhia oferece, sendo uma das mais tradicionais servida pelo estabelecimento.

Dentre as várias tortas com ingredientes semelhantes, a trufada se destaca pelo sabor equilibrado. Embora seja inteira feita de chocolate, a torta trufada não é extremamente doce, o que é um ponto positivo pois o prato não se torna enjoativo. O recheio tem um toque amargo, que neutraliza um pouco a doçura do chocolate, deixando o sabor na medida certa.

Embora seja parte do prato, tortas tradicionais, como a da confeitaria Frederica’s coffie huis de Carambeí, costumam trazer o mínimo de massa, prezando pelo recheio cremoso como principal parte do doce. Já a massa da torta da Companhia aparece um pouco mais grossa e ressacada que o normal, e podendo se sobresair sobre o recheio, que é bastante cremoso.

Mesmo com um sabor medido, um pedaço da torta é o suficiente para satisfazer o cliente. O doce é ideal para uma sobremesa, ou café da tarde. O cliente da Companhia da Torta pode consumi-la no estabelecimento ou levá-la pra casa. Se optar por levá-la, há a opção de levar os pedaços individuais ou a torta inteira. Cada pedaço custa R$5,00. Além disso, o estabelecimento oferece rodízio de tortas, com todos os sabores do cardápio.

 Serviço: A Cia da Torta fica na rua Balduíno Taques, 1875. Cada pedaço de torta custa R$5,00.

Adriane Hess

05/06/2014

Estilo forte para um inverno forte

 pratos e drinks

Bebida típica do inverno já está a venda

 O Therraço Lanches começou a produzir e vender seu próprio quentão quando esfriou. Ano passado foi assim, esse ano começou mais cedo. O estabelecimento que se destaca pela qualidade e pelo preço acessível não tirou isso da receita da bebida, que é uma boa pedida para quem não está no clima para aquela cerveja gelada.

A receita é tradicional. O açúcar, cravo, canela, gengibre, casca de laranja, vinho seco, é claro, e o segredo da receita: um pouco de vodka. Bem coado, é servido em um copo de isopor de 350ml, o que protege um pouco contra a temperatura da bebida. Por ter de ser requentado no microondas, o copo favorece o processo, mantendo também o sabor.

A bebida é saborosa, mas um pouco forte, considerando outros quentões vendidos em bares da região. De 1 a 10, levaria um 5 em uma escala alcóolica. Não misture com cerveja, isso vale para todo tipo de vinho. Há a possibilidade da compra da garrafa do produto, em uma embalagem de vinho típico, 750ml, com rolha para manter o sabor.

 Pedro Guimarães

Serviço:  O Therraço Lanches se localiza na Av. Monteiro Lobato, esquina com a rua Lauro Marcondes Ferreira, com atendimento de terça-feira à sábado das 18h às 0h, e domingo das 18h às 23h. O preço é de R$ 3,50 o copo de 350ml e R$ 12,00 a garrafa de 750ml. Telefone: 3225-7984

20/05/2014

Doce alemão com gostinho ponta-grossensse

Imagem

O bahnhof da Lanchonete Balduíno agrada aos mais diversos paladares

            De complicado a torta Bahnhof só tem o nome. De confecção simples, o doce é feito com uma massa de bolacha Maria, recheio de bananas picotadas envoltas em doce de leite e cobertura que varia de chocolate branco a creme batido, em geral polvilhado com canela.

            O bahnhof não é tão popular quanto outras tortas, como a holandesa ou cheesecake, mas é bem conhecida pelas famílias de origem alemã, de onde vem o doce. Várias lanchonetes da cidade têm o bahnhof em seu cardápio, incluindo a lanchonete Balduíno.

           Lá, a torta pode ser servida no local ou levada para casa. Caso o cliente escolha comer na lanchonete, a torta é servida de forma bem caseira, em pratos de porcelana. O cliente pode optar por comer a torta acompanhada de um dos cafés ofertados pela lanchonete.

            As bananas usadas são bem frescas e o doce de leite usado é nitidamente caseiro, com um gosto forte, deixando a torta com um recheio bem abundante. A massa é bem amanteigada e macia e a cobertura de creme chantilly é bem generosa, contudo, um pouco gordurosa demais.

           Os que têm estômago fraco devem evitar, assim como intolerantes à lactose, uma vez que a torta conta com chantilly e doce de leite. Para quem gosta de creme batido, porém, o bahnhof da Lanchonete Balduíno é uma excelente pedida, principalmente se acompanhada por uma xícara quente de café.

Gabriela Gambassi

Serviço: A Lanchonete Balduíno fica na rua Balduíno Taques, em frente à faculdade Cescage. O preço do pedaço de bahnhof fica em torno de R$4,00.

16/05/2014

Muita salada, nem tanto hambúrguer

Imagem

O sanduiche “x-salada”, é um clássico nas lanchonetes do país. Geralmente composto por hambúrguer, queijo, presunto, alface e tomate, possui algumas variações de acordo com o preparo de cada restaurante.

No restaurante Caprich Lanches, além dos ingredientes já mencionados, é acrescentado batata palha e molho ao Caprich Salada, o que colabora para que o sanduíche fique mais saboroso e um tanto crocante. O hambúrguer é bem frito e o sabor do sanduiche não deixa a desejar, apesar de ter muita alface, o que pode diminuir a “sensibilidade” ao sabor do sanduíche, mas é algo que talvez agrade quem é muito adepto de saladas.

Bruna Fernandes

Serviço: O sanduíche Caprich Salada custa R$ 4,85. A lanchonete Caprich Lanches está em dois endereços: na Rua Bonifácio Vilela, 575 e na Avenida Vicente Machado. O telefone para disk-entrega 3223 – 0008.

05/05/2014

Muito gelo e dois dedos de fruta ainda verde


pratos

A proposta saudável do Jimmy’s Juice empaca num preparo relapso e na qualidade das frutas oferecidas

Num ambiente cercado por uma grande variedade de bebidas, o Jimmy’s Juice surge como uma alternativa para quem procura nutrição inclusive nos líquidos. Dentre 22 opções de sucos de apenas uma fruta e mais 42 combinações de duas ou três que podem ser batidas com água ou leite, as bebidas de acerola e manga estão entre as estrelas dos sucos simples e de possíveis misturas.

Devido a difícil conservação da fruta, são utilizadas poupas congeladas para o preparo do suco de acerola, o que acaba fazendo com que a bebida perca um pouco do seu valor nutritivo e da fidelidade do sabor da própria fruta. Além disso, se não é bem batido, pedaços de gelo podem ser encontrados facilmente dentro do copo, o que aproxima a bebida de um frapê, ou nesse caso, de uma raspadinha de esquina a ser consumida pelo canudo.suco

Foto: Divulgação

O suco de manga atende bem a proposta do quiosque já que utiliza a fruta in natura, mas economia de água no preparo é descarada, deixando a bebida muito grossa. Também há pouco caso com a qualidade da matéria prima: é clara a falta de frutas maduras, o que afeta o sabor. Como durante o preparo não se acrescenta açúcar, o azedo da fruta ainda verde acaba se sobressaindo, o que torna o suco parecido com uma vitamina de manga nem um pouco doce.

A proposta do Jimmy’s Juice de proporcionar ao cliente uma bebida saudável rapidamente é interessante para um local onde os refrigerantes reinam absolutos. Para os diversos paladares que talvez prefiram literalmente uma fruta exprimida, o quiosque pode ser o paraíso dos sucos. Entretanto, ainda existe um relaxo para com o preparo e a qualidade das frutas. Quem sabe após um tutorial de “como usar um liquidificador” e uma escolha mais exigente das matérias primas será justo o quiosque cobrar o alto valor que já designa a seus produtos.

Mariana Fraga

Serviço:  O Jimmy’s Juice está no segundo piso do Shopping Palladium e o preço dos sucos varia de R$ 5,90 a R$ 6,90.

24/04/2014

Fast food árabe faz sucesso em Ponta Grossa

pratos

Shawarma é um dos pratos preferidos dos universitários

Pão sírio enrolado com fatias de frango e/ou filé mignon, legumes e batata frita. Popularmente conhecido como Shawarma, esse lanche é uma espécie de fast food árabe e pode ser encontrado em diversos lugares do mundo, como Europa, Rússia e Brasil. Não se sabe ao certo qual o seu país de origem, mas acredita-se que surgiu no século XV. Por ser de fácil preparo, era bastante apreciado por soldados do império turco otomano e transformou-se em um clássico da culinária do Oriente Médio, onde é feito com carne de cordeiro, principalmente.

Em Ponta Grossa faz sucesso nas redondezas da UEPG central, sendo servido no carrinho de lanches do Aladin e no Bar do Salém, juntamente com creme de alho feito por cada estabelecimento. No Aladin, o Shawarma é mais saboroso. Mais natural, o lugar oferece três opções de sabores: frango, carne e misto, que possuem a carne de escolha, alface, tomate, cebola e batata frita, com creme de alho acompanhando. Porém, não dispõe de mesas para a refeição, apenas alguns banquinhos de plástico que incentivam os clientes a levar para comer em casa.shawarma

Nos quesitos lugar e cardápio, o Bar do Salém ganha, com shawarma de frango, frango com cheddar, bacon, carne seca, calabresa, carne com cheddar e misto, podendo ser acompanhado da boa e velha cervejinha. Porém peca no tempero, que é muito melhor feito pelo temático Aladin, especializado em comida árabe.

Os preços são equivalentes. No Salém, variam de R$ 8 a R$ 9, e no Aladim R$ 9. O lanche é uma boa opção para a janta, e demora em média 20 minutos, dependendo do movimento dos locais.

Millena Sartori

Serviço: o carrinho do Aladin fica na Rua Senador Pinheiro Machado, ao lado da UEPG central, e funciona aproximadamente das 18h as 23h, dependendo do dia

O Bar do Salém situa-se na Rua Riachuelo, n° 650 e abre sua cozinha das 18h as 0h.