Archive for Outubro, 2015

09/10/2015

Muda uma cadeira, mas ainda falta carisma

na tela

A nova temporada do The Voice Brasil estreou no dia primeiro de outubro. A novidade dessa edição é Michel Teló como jurado. Ele substitui o cantor sertanejo Daniel.

Com um funcionamento simples, o programa traz cantores que mostram o próprio talento. Se os jurados gostarem, eles apertam um botão e suas cadeiras se viram em sinal de aprovação da performance dos candidatos.

Os jurados são os cantores Claudia Leitte, Lulu Santos, Carlinhos Brown e o estreante Michel Teló. O jornalista Tiago Leifert faz é o apresentador.

No primeiro episódio, foi possível perceber que os candidatos mais aclamados, através das redes sociais, pelos telespectadores foram os menos votados pelos jurados. Fato soa estranho e prova a falta de sintonia entre jurados e telespectadores.

Há três anos, o corpo de jurados era mantido o mesmo. Isso não acontece em outros países que têm uma versão própria do programa. Nos demais países, toda edição havia mudanças no time de jurados.

O programa perde em qualidade quando comparado à versão dos estados unidos. A produção norte americana é muito mais diversificada e com jurados mais carismáticos.

Na tentativa de conquistar o público, o apresentador Tiago Leifert e os jurados tornam-se forçados e chatos em alguns momentos, virando piada nas redes sociais. Apesar disso, o novo jurado, Michel Teló, ganhou destaque por ser mais carismático que os demais jurados.

Serviço

O programa The Voice Brasil passa todas as quintas feiras, após a novela das nove, na TV Globo.

Clara Ribeiro

Anúncios
09/10/2015

Esse samba é punk

vitrola

Seis décadas de carreira e com saúde debilitada, Elza Soares está mais viva do que nunca.

Elza Soares acaba de lançar seu 34° álbum, o primeiro de inéditas. “A Mulher do Fim do Mundo” chegou às lojas físicas e virtuais no dia 3 de outubro e já pode ser considerado antológico. Aos 78 anos, a cantora aborda o sexo, a fúria, as drogas e a violência doméstica ao longo das onze faixas do disco.

Acompanhada de um coletivo de músicos de destaque no cenário paulista, Elza parece não ter tempo para lamentações. Kiko Dinucci (guitarra), Rodrigo Campos (guitarra), Rômulo Fróes (direção artística), Felipe Roseno (percussão), Bixiga 70 nos naipes, entre outros, assinam letras e arranjos 

A faixa que abre o disco ecoa em a capella a versão musicada por José Miguel Wisnik do poema “Coração do Mar” de Oswald de Andrade. Em “Maria da Vila Matilde” o verso “cê vai se arrepender de levantar a mão pra mim” emana a fúria da mulher que não vai ficar calada. E ela bota “Pra Fuder” na quinta faixa do disco, definitivamente um som orgástico.

Distorções de guitarra perfilam a voz rouca da cantora na sequência do disco. O samba de Elza é punk, é anárquico. Aquela velha sentença de Marie Eschenbach “na juventude aprendemos e na maturidade compreendemos” pode servir de síntese ao “A Mulher do Fim do Mundo” de Elza. Um tanto rebelde, mas com causa.

                                                               AMFM_capa-alta-2

                                                                                   Foto: Divulgação

Serviço

O CD está disponível na íntegra no site http://www.naturamusical.com.br e nas lojas por R$28,00.

Igor Vieira

09/10/2015

Morning Show

antena1

Entretenimento e informação de forma descontraída

A rádio Jovem Pan, através do programa  Morning Show, apresenta o giro das principais notícias e, de sobra, entretém os ouvintes com entrevistas, opiniões e também com a interação com o público, sendo este último, com muito humor.

Assuntos relacionados a política e também os considerados mais banais como a programação do cinema, por exemplo, são informados e comentados pelos jornalistas Edgard Piccoli, Paula Carvalho, José Vannucci, Carlos Aros e Helen Braun. Cada um responsável por um segmento do programa.

Morning Show tem a duração de uma hora e meia, tempo suficiente para permitir ao seu elenco tratar os assuntos com vários pontos de vistas e expor suas opiniõs. Em alguns casos,  inclusive o público possui espaço para opinar através das redes sociais ou ligações.

Analisando no geral, a ironia presente durante as discussões do programa não prejudica, mas ajuda a aliviar toda a variedade de informações que a transmissão trata. Claro, há assuntos que devem seguir um tom mais sério e isso é respeitado.

Porém, existem alguns fatos que tendem a serem mais tratados no Morning Show, principalmente quando dizem respeito aos artistas e isso pode incomodar quem procura notícias mais relevantes  e esperam que elas sejam tratadas com mais profundidade.

Serviço

Rádio Jovem Pan,  Fm 103,5 .

Horário: segunda a sexta-feira 10h às 11h30.

Victor Ribas