Archive for Setembro, 2012

28/09/2012

Agenda Cultural

Imagem

28/09/2012 (Sexta-feira)

Concerto de Câmara do Conservatório Maestro Paulino

local: Cine Teatro Ópera

Horário: 20h

Ingressos: Antecipados no Conservatório Maestro Paulino ou no dia, R$6,00 inteira e R$3,00 a meia-entrada.

29/09/2012 (Sábado)

Setembro em Dança

local: Cine Teatro Ópera

Horário: 20h

Ingressos: Gratuito

Peça Teatral: Quatro a Quatro

local: Auditório da Reitoria UEPG Central

Horário: 20h

Ingressos:

Stand Up “Humor em HD”

local: Cine Teatro Ópera

Horário: 20h

Ingresso: R$10,00 antecipado, R$20,00 na hora

I Feira Cultura Plural – Evento Festivo do site Cultura Plural

local: Praça Barão do Rio Branco (Ponto Azul)

horário:  de 10h às 12h

Ingressos:  Gratuito

Cavalete Parede Ponta Grossa

local: Parque Ambiental

horário: 13h

Ingressos: Gratuito

30/09/2012 (Domingo)

Setembro em Dança

local: Cine teatro Ópera

horário: 20h

Ingressos: Gratuito

01/10/2012 (Segunda-feira)

FECUNDARTE – Festival Cultural do Colégio Sagrada Família

local: Cine Teatro Ópera

horário: 20h

ingressos: 1kg de alimento

04/10/2012 (Quinta-feira)

Espetáculo Cênico – “Africa: som, cor e movimento”, do coral Coro Cidade de Ponta Grossa

local: Cine Teatro Ópera

horário: 20h

Ingressos: Antecipados no Conservatório Maestro Paulino ou no dia, R$6,00 inteira e R$3,00 a meia-entrada.

Até 14/10/2012

Salão de Artes Unimed

Local: Salão de Artes Shopping Palladium

Horário: horário de funcionamento do shopping

Ingressos:  não divulgado

Até 30/11/2012

Exposição “Relíquias do Mundo”

local: Shopping Palladium

Horários: Segunda a Sábado – 10h às 22h – Domingos e Feriados – 14hs às 20hs

Ingresso: R$20,00 inteira e R$10,00 meia-entrada

De 22/10 a 26/10

XXI Semana de Comunicação – História do Rádio

local: pequeno auditório da UEPG Central

Horários: Todos os dias a partir das 9h

Ingressos: Gratuito

Anúncios
Etiquetas:
28/09/2012

Candidatos utilizam jingles para impulsionar campanhas

Imagem

Marchinhas deixam de ser utilizadas em jingles e dão espaço para novos gêneros como forró, sertanejo e gospel

 “Varre, varre, vassourinha” era o jingle de Jânio Quadros quando foi eleito presidente da República, em 1960. Hoje, 52 anos depois, a música ainda é lembrada. Essa é a função de um bom jingle: permanecer na memória das pessoas. Na campanha eleitoral pontagrossense 2012, apenas o candidato Krystofer Bannach (PCB) não produziu jingle.

O candidato Leandro Santos Dias (Psol) veicula a música pelas redes sociais. A paródia da música “Até quando”, de Gabriel, o Pensador, dura quase três minutos. A utilização de um rap é uma iniciativa que difere dos demais candidatos, pois fala sobre os ideais do PSOL e cita taxas de pobreza em Ponta Grossa.

Péricles de Mello (PT) disponibiliza três músicas no site da campanha. E todas duram pouco mais que dois minutos. Um sertanejo, um gospel e “Viva Ponta Grossa”, disponível nas versões drum e eletro, que é uma paródia do refrão da música tema do Rock in Rio, do Roupa Nova.

Os jingles de Marcelo Rangel (PPS) podem ser acessados pelo canal no youtube e o candidato não utiliza paródias para divulgar a campanha. Está disponível um forró, acompanhado do som de sanfona, e a música “Chegou a hora”. A canção repete a mesma frase sete vezes durante um minuto, o que causa um excesso de repetição.

O sertanejo é recorrente nas duas músicas de Márcio Pauliki (PDT). A paródia de “Camaro Amarelo”, da dupla Munhoz e Mariano, aproveita o sucesso de uma música em alta nas rádios para impulsionar a campanha.

Os carros de som dos candidatos funcionam em um volume acima do que a Organização Mundial de Saúde (OMS) considera ideal, perto de 50 decibéis, o que representa o volume de uma conversa entre duas pessoas.

André Packer

Serviço:

Marcelo Rangel http://www.youtube.com/user/marceloprefeito23?feature=watch

Leandro Dias http://soundcloud.com/annelizetozetto/jingle-leandro-psol-50

Péricles de Mello http://pericles13.com.br

Márcio Pauliki http://www.marciopauliki12.com.br/

Etiquetas: ,
28/09/2012

Uma verdadeira ‘política’ editorial

Imagem

Candidatos à prefeitura publicam jornais para apresentar as propostas de campanha aos (e)leitores

 Além do horário gratuito de propaganda eleitoral (HGPE), três candidatos à prefeitura de Ponta Grossa investiram em jornais impressos para divulgar propostas de campanha. As publicações dos candidatos são gratuitas (ao leitor) e não têm uma periodicidade fixa. Tanto no jornalzinho de Marcelo Rangel (PPS), Márcio Pauliki (PDT) quanto no de Péricles Mello (PT), a capa estampa uma foto do candidato e do vice.

Entre as três publicações, o impresso de Marcelo Rangel possui um formato mais simples. O jornal tem uma página (tablete, pouco maior que uma folha A-4) frente e verso, com propostas para 12 temas colocados acompanhados por 12 fotografias que preenchem o espaço do jornal. O espaço dedicado a cada tema é igual, deixando a página quadrada e sem muitos aspectos que chamem a atenção do leitor. As fotos não possuem créditos, assim como o jornal também não traz o nome de um responsável pelo material produzido.

Foto: Karina Chichanoski

O jornal do candidato Márcio Pauliki é o que mais se assemelha a um jornal informativo tradicional. Dos três, é o único que possui um formato tablóide. Assim como o jornal do candidato do PPS, a publicação de Pauliki traz apenas as propostas do candidato acompanhado por fotografias também sem identificação autoral. Apesar de trazer cores e fontes diferentes, nota-se que a publicação não segue um padrão gráfico, o que prejudica o formato do jornal. As legendas das fotos foram colocadas em boxes que variam de posição ao longo do jornal. O detalhe é que as cores utilizadas na publicação são as cores da campanha do candidato, algo que Rangel e Péricles não fizeram.

A publicação do candidato do PT possui oito páginas, sendo a mais longa entre as três. O jornal é mais largo que um clássico tablóide e a capa, diferente dos demais, pois não traz nenhuma proposta da campanha. Na segunda página, o jornalzinho traz fotos do candidato com líderes políticos e um texto de “apresentação de Péricles” ao leitor. A publicação traz páginas numeradas, recurso inexistente nos jornais dos outros candidatos. O jornal do candidato do PT segue um padrão para as propostas, tanto na fonte quanto no espaço destinado e na cor utilizada.

Thainá Kedzierski

 

Serviço:

Jornal do candidato Marcelo Rangel (PPS). Tiragem: 200.000 unidades. Distribuição Gratuita.

Jornal do candidato Márcio Pauliki (PDT). 2ª Edição. Tiragem:150.000 unidades. Distribuição Gratuita.

Jornal do candidato Péricles Mello (PT). Tiragem: 100.000 unidades. Distribuição Gratuita.

28/09/2012

‘The Coffee, Burguer and Music Song’

Imagem

Como a canção de Sinatra ‘The Coffee Song’, o Grená – Boutique e Café une o bom café ao velho samba

“Estamos tal e qual, bem misturados, feito café com leite”. Ou com groselha, com suco de laranja, uísque, rum ou, até mesmo, sorvete. Simone retratou de forma analógica as paixões brasileiras: o café e o amor, algo que o ‘Grená – Boutique e Café’ conseguiu melhorar no século XXI, no primeiro caso. A quantidade de bebidas cafeinadas no cardápio do local, desde gelados, alcoólicos até quentes e naturais, adapta-se ao gosto de qualquer pessoa e também ao bolso, pois alguns são elaborados com vários ingredientes e não ultrapassam a marca dos R$ 8,00.

Além do ambiente de serenidade que o cheiro do café exala pelo estabelecimento, a música também harmoniza com melodias relacionadas ao samba, a bossa nova e o blues. Outro fator é a iluminação, feita por postes de luz antigos – que relembram tempos remotos, talvez até esquecidos.

Foto: Divulgação

Reservado, porém animado, o ‘Grená’ explora o universo dos temperos nos mais variados pratos. O Cheeseburguer Tradicional oferecido pelo estabelecimento tornar-se-ia comum, se não houvesse os condimentos inseridos na carne do hambúrguer de 200 gramas. Ao experimentar os primeiros pedaços da carne percebe-se os toques de ervas finas, bacon e canela. As sensações ao degustar o cheeseburguer são diferenciadas, talvez por isso o chefe de cozinha não divulga os condimentos utilizados na receita.

Outro atributo do lugar é a união de uma Boutique com um Café, um conceito inovador. Com bom atendimento, bebidas e pratos simples – porém elaborados – o ‘Grená – Boutique e Café’ transporta o conceito de tomar o ‘pingado’ para outro nível: o da apreciação.

Marina Demartini

Serviço:

Grená – Boutique e Café

Endereço: Rua 7 de setembro, 1232

Horário de atendimento: 08h às 18h (Boutique) e das 11h às 22h (Café)

Contato: (42) 3025-4769 ou http://www.grenaboutique.com.br

Observação: reservas podem ser feitas no local

Etiquetas:
28/09/2012

Som e Fúria no teatro de Ponta Grossa

Imagem

Livro editado pela Secretaria de Cultura da Cidade e Núcleo de Dramaturgia do SESI/PR traz coletânea de textos teatrais

 A Secretaria de Cultura e Turismo de Ponta Grossa, em parceria com o Núcleo de Dramaturgia do SESI/PR, promoveu em 2010 oficinas regulares de teatro, orientadas pelo ator, dramaturgo e produtor de teatro, Paulo Zwolinski. Deste trabalho resultou uma coletânea, publicada em livro, em 2011, composta por três peças selecionadas por Zwolinski entre as produzidas pelos participantes das oficinas.

O livro começa com duas “cartas”. A primeira do diretor superintendente do SESI/PR, José Antonio Fares, que enaltece o trabalho do SESI, sem citar, em momento algum, a cidade de Ponta Grossa. A outra, da Secretária de Cultura e Turismo de Ponta Grossa, Elizabeth Silveira Schmidt, fala em nome da cultura da cidade. O texto é direcionado ao próprio livro e aponta a necessidade de uma “revolução” no teatro de Ponta Grossa.

A emoção e a dinâmica contidas nos textos das duas primeiras peças –  “A Três” de Carlos Alexandre de Andrade e “Entre Corpos” de João Agner – remetem a uma das máximas do teatro, a frase do personagem Macbeth, de Shakespeare: “a vida é uma história contada por um idiota, cheia de som e fúria, e que não significa nada”.

Já a terceira peça, “Quimera”, de Rosana de Oliveira Martins, falta com o “som e fúria”. Duas meninas encontram um livro mágico, vão parar em um país fantástico e tem de combater uma bruxa malvada com o apoio de um mago bondoso. A peça não causa impacto, os sentimentos parecem superficiais e a luta final contra a bruxa se resolve com um pedido para que o amor cure o país do mal que o domina. A única surpresa fica na identidade do mago e da bruxa.

 Rubens Anater

Serviço:
Livro: Coletânea de textos teatrais

Local: Se encontra no Centro de Cultura de Ponta Grossa

Número de Páginas: 135

28/09/2012

Barão do Rio Branco, bem-vinda, de volta!

Imagem

Cultura Plural pretende resgatar espaço cênico da cidade princesina com feira artística

Estudantes e professores que integram um projeto extensionista da UEPG realizam a Iª Feira Cultura Plural, que acontece na praça Barão do Rio Branco, centro de Ponta Grossa, a partir das 10h, do sábado, 29/09/12. Os destaques das apresentações cênicas ficam por conta do gupo de capoeira Gingando por Jesus, da companhia de taikô Fuurinkazan, duplas de viola e apresentação teatral infantil de Lucélia Clarindo, além da presença de inúmeros atores culturais da Cidade. Um aspecto louvável da iniciativa é que o espaço da divulgação das produções culturais é aberto à participação da comunidade e, assim, qualquer pessoa que atua na área pode inscrever sua arte para mostrar ao público.

As apresentações acontecerão em frente à Concha Acústica da praça, já que o espaço físico, propriamente dito, encontra-se inutilizado, devido ao estado de um monumento no local. A proposta do Cultura Plural é reativar o espaço da Barão do Rio Branco, local utilizado em anos anteriores, destacando o período dos anos 1940 e 70, onde eram realizadas apresentações e transmissões de programas via RAF (rede de auto falantes) que movimentaram o cenário cultural de Ponta Grossa da época. A iniciativa também é importante para movimentar espaços de divulgação da cultura, em especial, patrimônios públicos em ritmo de ‘esquecimento’, tanto da população como da administração local.

Espera-se que, com a feira, a praça volte a ganhar visibilidade. Além das atividades cênicas, haverá também exposição fotográfica e banca com escritores locais. O encerramento das atividades está previsto para as 12h, podendo ocorrer variação no horário, de acordo com o andamento das apresentações.

 Angélica Szeremeta

Serviço:

Incrições para as apresentações pelo fone: (43) 9986-3515 – Eduardo Gody, integrante da equipe Cultura Plural.

Local: Praça Barão do Rio Branco

Horário: a partir das 10h

Dia: 29 de setembro.

28/09/2012

Um lugar longe, uma experiência de perto

Imagem

Propriedade agrossilvepastoril em processo de transformação ambiental faz experiência do equilíbrio entre homem e natureza

Na região (distrito rural) de Itaiacoca, comunidade de Sete Saltos de Cima, no município de Ponta Grossa, encontra-se um sítio chamado Ceta (Centro de Estudos e Treinamento em Agroecologia). A propriedade do Agricultor Antonio Ostrufka fica a 60 quilômetros da saída de Ponta Grossa. Uma viagem tranquila por estradas com muitas curvas. Envolta pelo monocultivo de eucalipto, a propriedade tenta se revigorar.

Há quatro anos por iniciativa de grupo de debates em agroecologia, Antonio Ostrufk, recebeu recursos da Petrobras Ambiental, para transformar o sítio em propriedade agroecológica em condições de reproduzir e ensinar as técnicas e experiências. As pesquisas realizadas ali são para aplicar em outras propriedades, como fez um grupo de mulheres de Campo Largo e o Cedejor (Centro de Desenvolvimento do Jovem Rural) de Tibagi, além de pesquisas de agrônomos a estudiosos de economia sustentável.

Foto: Daian Lana

O sítio Agrossilvepastoril não é totalmente agroecológico. A transformação demanda tempo, adaptação constante, condições do solo e recursos naturais. No local são produzidas hortaliças frutíferas e grãos como o milho criolo. O solo é recoberto com vegetação para fixar nutrientes. A casa da família é feita em quatro tipos de construções: bambu, garrafas pet e de vidro, barro, blocos de pedra e de madeira. Tudo é artesanal, fogão, água quente, esgoto e tratamento de resíduos orgânicos e captação de água da chuva. A propriedade é privada, mas pode ser visitada para estudos. Até o momento, o espaço não é aberto para lazer, principalmente pelo cuidado com a preservação, limpeza e evitar riscos de poluição.

Daian Lana

Serviço:

Proprietário Antonio Ostrufk

Contato: 042 3224 3393-Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ponta Grossa

Etiquetas: ,
28/09/2012

Pancada de estrelas em “Os Mercenários 2”

Imagem

Novo filme da série atrai mais pelos astros em ação, do que pela história apresentada

Ter uma estrela em um filme ajuda a chamar a atenção do público. Mas, quando uma mesma película consegue reunir os maiores astros dos filmes de ação, a aceitação poderia ser considerada certa. Arnold Schwarzenegger, Jet Li, Chuck Norris, Bruce Willis, Sylvester Stallone, que é o protagonista e produtor do filme, e Jean Claude Van Damme, que atua como o vilão na história, fazem parte do elenco.

Foto: Divulgação

O enredo da segunda parte da série Os Mercenários consegue ser mais desenvolvido e mais atraente que o primeiro, indo contra o estigma de que a continuação perde em qualidade para o original. A bilheteria comprova a aprovação do público, na segunda semana de exibição nacional, o filme arrecadou 20 milhões de reais.

A trama se passa na Albânia, onde o grupo de mercenários, liderado por Barney Ross (Stallone), parte em uma missão a mando de Church (Wiliis), mentor e chefe do grupo. O principal desafio da equipe é evitar que uma grande quantidade de plutônio enriquecido caia em mãos erradas, como nas de Villain (Van Dame), que pretende usar a substância para produzir armas químicas de destruição em massa. A (nova) aventura tem uma dose extra de vingança, já que Villain acabou assassinando um dos membros da turma.

A história é recheada de clichês presentes nos filmes de ação, com muita pancadaria e tiros para todos os lados, com a presença de astros protagonistas de blockbusters, obrigatórios para quem gosta de filmes com muita ação, como a franquia Duro de Matar (Bruce Willis), Rambo (Sylvester Stallone), O Exterminador do Futuro (Arnold Schwarzenegger), Hell (Van Damme) e Braddock (Chuck Norris).

                                                                                                                      Rebeca Gambassi

Serviço:

Os Mercenários 2

Classificação: 16 anos

Duração: 103 minutos

Elenco: Arnold Schwarzenegger, Jet Li, Chuck Norris, Bruce Willis, Sylvester Stallone, Jean Claude Van Damme, Terry Crews

Direção: Simon West

Local:Multiplex Palladium (sala 2) diariamente às 17:30 e às  20:30

 

25/09/2012

Escrever bem não é apenas requisito

Esta semana foi uma surpresa, no bom sentido, pelo fato de que as pautas estão com enfoques diferenciados. Os autores estão buscando novos olhares sobre os produtos, alguns até hoje, sequer cogitados para o blog.

Outro ponto que deve ser resaltado é que desde o início de minha função como ombudsman todas as editorias estão completas, ou seja, não falta nenhum texto. Lógico que alguns precisam melhorar. Mas, em geral, os autores conseguem fidelizar seu público leitor. Os argumentos estão mais embasados e parece que, agora, os produtores do blog entenderam que criticar não é apenas falar bem ou mal sobre o assunto X ou Y, é também direcionar o consumo do leitor. Escrever bem não é apenas requisito, é também um ato de responsabilidade social. Aos textos…

 Bom

Destaque para Antena que buscou regionalizar a pauta, discutindo um assunto relevante e, o melhor, conseguiu fazer um link com o blog. O texto está objetivo e de fácil leitura, o que ajuda àqueles que pouco entendem de esporte ou a transmissão do mesmo.

Abrir um texto com descrição é uma ótima pedida quando se escreve sobre espetáculos, e a editoria Em Cena da semana fez isso com maestria. O texto foi bem escrito e a autora soube transmitir as sensações ao leitor.

Pratos e Drinks trouxe um olhar diferencial quando fala do estabelecimento Square Burguer Ponta Grossa. Afinal não se restringe a descrever apenas os produtos, mas traz elementos que discutem a qualidade do serviço oferecido.

O autor de Na Tela resolveu trazer um enfoque diferenciado à editoria, ao analisar uma cobertura específica. A crítica ocorreu em um momento oportuno e não se restringiu apenas aos enfoques, mas também a outras situações observáveis. Destaque para “Salve, salve o direito à cidadania”.

Médio

Dá para entender que o cantor Péricles já se apresentou em Ponta Grossa, mas não porque a crítica sobre o novo álbum entrou na edição. A critica ficou boa e demonstra pesquisa por parte da autora, mas o gancho não faz sentido, ou melhor, onde está o gancho?

O texto da editoria Entre Linhas ficou bom, mas faltou um olhar mais específico do tema. Parece que o abre não está relacionado ao restante da crítica.

Outro Giros merece parabéns pela escolha do local, tão simples e perto, mas ainda não criticado.  O texto soube mesclar prós e contras, mas no fim deixou a desejar e a última frase ficou solta, apenas para completar o número de caracteres exigidos.

Ruim

A editoria Projetor da semana trouxe um texto tão rápido quanto a velocidade criticada no enredo do filme analisado. O que se pode louvar na crítica é o final, quando o autor traz ao leitor a sensação que sentiu ao sair da sala de cinema.

Livro aberto deixou a desejar. Apesar do esforço em mesclar trechos do livro com a crítica, o autor não trouxe nenhuma explicação, didática, sobre o que são cânticos. Elemento que, talvez, pode dificultar o consumo do referido produto.

Marina Alves

21/09/2012

Agenda Cultural

21/09

Conferência o Segredo dos Nórdicos

Local: Auditório Boulevard Center – Rua XV de novembro, 512

Horário: 19h30

Ingresso: Entrada franca

Tributo ao The Doors

Local: Motor Brath Rock Bar – Rua Barão de Cerro Azul, 1060

Horário: 23h

Ingresso: R$ 5,00

“O amor seja como for”

Local: Cine Teatro Ópera

Horário: 20h

Ingresso: Entrada franca

Classificação: 14 anos

 

22/09

VIII Encontro de Carros Antigos

Local: Estação Saudade

Ingresso: Entrada Franca

Africalélé 2

Local: República Acústico

Horário: 22h

Ingresso: R$ 15,00 feminino R$ 20,00 masculino

Os Serranos

Local: Centro de Eventos

Horário: 22h

Ingresso: Entrada franca

 

5ª Mostra de talentos da terceira idade – Ruth Cardoso

Local: Cine Teatro Ópera

Horário: 19h

Ingresso: Entrada franca

25/09

Projeto Tela Alternativa apresenta: “Sessão especial de justiça”

Local: Auditório B do Cine Teatro Ópera

Horário: 19h30

Ingresso: Entrada franca

 

 

26/09

Banda Buckaroo Banzai

Local: Imperial Lounge  Bar

Horário: 22h30

Ingresso: R$ 5,00

 

5 e 6 de outubro

 “O que vou ser quando crescer”

Local: Cine Teatro Ópera

Horário: 20h30

Ingressos: antecipado R$ 12,00; na hora R$ 25,00

 

Até 30 de setembro

Exposição: “Academia Universal 57 anos de Ponta Grossa”

Local: Câmara Municipal

Ingressos: Entrada franca

Exposição: “Fé Neon”

Local: Centro de Cultura

Ingressos: Entrada franca

 

Até 30 de novembro

Exposição “Relíquias do Mundo”

Local: Shopping Palladium

Horários: Segunda a Sábado – 10hs às 22hs – Domingo e feriados – 14hs às 20hs

Ingressos: R$20,00 inteira R$ 10,00 meia