Posts tagged ‘pratos e drinks’

03/11/2013

Tradição em uma comida simples

pratos

Os Churrasquinhos do tio Oda atraem as pessoas, principalmente, pela simplicidade, valor e qualidade do produto

É comum encontrar, no centro da cidade, pessoas que vendem cachorro quente, pipoca, sanduíches, espetinhos e outros produtos. Na esquina da Avenida Balduíno Taques com a rua Barão do Cerro Azul, em frente ao Colégio Estadual Julio Teodorico, os Churrasquinhos do tio Oda, há mais de dois anos, fazem sucesso durante a noite ali na região, principalmente, com os estudantes.

Os espetinhos apresentam pedaços de carnes maiores do que geralmente é vendido em outros lugares. A carne é bem temperada e macia. Além disso, o cliente pode complementar o tempero com molho e farofa disponíveis. O comerciante vende cinco opções de espetinhos: carne bovina, frango, coração, somente queijo e cafta (uma espécie de almôndega, originária da Àsia Central) com queijo. O preço é o mesmo para todos sabores: R$ 3 cada.

O espaço lota todas as noites, principalmente, por estar próximo de faculdades e de um hospital e por ser um lugar muito movimentado, exceto quando chove. Algumas vezes, as pessoas ficam no meio da rua pela falta de espaço para serem atendidas, o que também atrapalha a passagem de transeuntes pela calçada. Outro problema é a fumaça que o carrinho faz por conta da comida. Embora, isso seja mesmo inevitável, quando o assunto é churrasco.

O atendimento é de qualidade, apesar da ‘comunicação limitada’ ao negócio. Para aquele momento que você está com fome, mas também está sem tempo para ir a uma lanchonete/restaurante e esperar o lanche ficar pronto, uma das opções é um espetinho, por ser um produto barato e que não demora ficar pronto.

Julian Vieira

Serviço:

– Churrasquinhos do tio Oda fica em frente ao Colégio Julio Teodorico, Avenida Balduíno Taques com a rua Barão do Cerro Azul, Centro de Ponta Grossa. A unidade do espetinho custa R$ 3,00.

24/05/2013

“Quem quer churros?”, pergunta a moça

pratosComida de origem ibérica também faz sucesso nas feiras livres de Ponta Grossa

     Há sete anos Silvana Franco trabalha com carrinho de churros. É  um alimento de sucesso popular, vendido em carrocinhas, geralmente em  eventos de rua. Nas terças, quartas e sábados pode-se encontrar o carrinho de churros da Silvana na feira livre, tornando seu produto conhecido como o famoso ‘churros da feira’.

     De origem ibérica, o churros é uma massa feita com farinha de trigo e água, possui  formato cilíndrico, e a massa depois de ponta é frita. Depois de frito, o churros pode receber uma camada de açúcar, ou canela.  Originalmente, o alimento não recebe recheio, mas no Brasil é servido com recheio de doce de leite ou chocolate, o que torna o alimento mais atrativo e apetitoso.

     A massa é preparada anteriormente, no carrinho o churros é  apenas frito e recheado,  facilitando a venda. Após frito,  recebe a camada de açúcar e você escolhe o recheio, tornando  o alimento crocante. Com duas opções de recheio, e cinco opções de acompanhamento (granulado, granulado colorido, amendoim, coco ralado, e castanha),  o carrinho de churros sempre está envolto de clientes.

rafaoDivulgação

     O churros de doce de leite é o mais tradicional, e o mais doce. No entanto, o acompanhamento de amendoim ameniza o sabor, não o deixando  enjoativo. O de chocolate é menos adocicado e o acompanhamento de granulado lembra o gosto de brigadeiro. Ambos têm bastante recheio, massa leve e macia, amenizando o doce dos acompanhamentos.

     O carrinho da Silvana também faz crepe no palito, doces e salgados, com sabores de queijo, presunto, queijo e presunto, goiabada, chocolate branco, chocolate preto e romeu e julieta (queijo e goiabada).

Rafaella Feola

 Serviço:

Churros da Feira

Churros: R$ 2,50. Crepe: R$ 3,00

Terça: Feira  Livre do Jardim Carvalho (Av. Monteiro Lobato) – 14 as 19

Quarta: Feira Livre do Centro (Rua Benjamin Constant)- 14 as 19 h

Sábado: Feira Livre do Centro (Rua Benjamin Constant) – 6 as 13 h

17/05/2013

A tradição do país vizinho

pratosPrimeiras empanadas argentinas a chegarem a Ponta Grossa… ‘Sabrosas, gustosas, marvillosas’

     As empanadas argentinas, apesar do nome, não foram inventadas na Argentina. No entanto, foi lá que se criou a tradição do consumo, que se compara com a da pizza no Brasil. A empadinha é a versão abrasileirada, porém a massa é mais pesada e engordurada. Carolina Silveira, ou Tia Pepa, como prefere ser chamada, trouxe o produto para Ponta Grossa há cerca de um ano e três meses.

     As mãos argentinas de Pepa preparam as empanadas artesanalmente. Desde a massa, o recheio e a formatação. O formato se assemelha a de um pastel assado e tem o tamanho de um palmo. No cardápio, existem 10 opções de sabores, entre as tradicionais, especiais e premium. A massa fina e macia não possui conservantes. A empanada de frango tem o recheio úmido e levemente picante. Leva oito minutos para assar, assim saem do forno ao ponto e douradas.

Foto divulgação

Foto: divulgação

     O Tia Pepa também produz cestinhas doces e salgadas que lembram pequenas tortas e tem a mesma massa que as empanadas. Na cestinha de chocolate e morango utiliza-se chocolate cremoso e pedaços de morango que proporcionam um sabor azedinho ao prato. Tanto nas empanadas como nas cestinhas, o recheio é volumoso e proporcional à massa, sendo que esta não fica em excesso.

     O estabelecimento não possui mesas e cadeiras para o cliente comer. O serviço funciona por entrega ou com a intenção que leve para degustar em casa. As caixinhas são higiênicas, e na embalagem das cestinhas toma-se o cuidado de um suporte para que o recheio não toque na tampa e grude.

Letícia Augusta

 

Serviço:
Tia Pepa – empanadas argentinas
AV. Bonifácio Vilela, 505, Centro de Ponta Grossa. Fone: (42) 3025 1222
O preço das empanadas argentinas varia entre R$ 4,00 a R$ 5,50

23/11/2012

Quem sabe faz rápido, saudável e ao vivo!

Imagem

Fundado há quase 50 anos nos EUA, a rede de sanduíches Subway é conhecida pelos sanduíches e saladas inspirados na culinária de várias localidades

Uma quebra na comida fria, muitas vezes, com gosto de requentada. Um fast food saudável em comparação a outras franquias de redes americanas de comida (nem sempre) rápida. Por essas características, a Subway é uma opção ideal para pessoas que procuram uma refeição saudável preparada num curto espaço de tempo. Todo o processo de criação do sanduíche é feito pelo cliente e divido em três etapas: a escolha do tipo de pão – Italiano, Branco, Integral, Parmesão e Orégano, 3 Queijos e Integral com aveia e mel -e duas opções de tamanho – 15cm e 30 cm-, escolha dos queijos – Prato, Suíço ou Cheedar – até as saladas: alface, tomate, cebola, pepino e pimentão, rúcula, pickles e azeitona. Por fim, a escolha dos molhos: Parmesão, Barbecue, Cebola Agridoce, Mostarda e Mel e Chipotle.

A variedade de sabores, além dos 16 tradicionais oferecidos pela Subway e a opção de assistir o preparo do alimento, se destaca no cenário culinário da cidade, pois poucos estabelecimentos oferecem estas duas características. O que dinamiza o atendimento é o sistema de produção ‘fordista’, onde três atendentes montam cada parte dos sanduíches. Em horário de pico, geralmente entre as 12h e 13h30 de dias úteis, e aos domingos, entre as 20h e 22h, a fila para o pedido chega a ter mais de 20 pessoas, mas o tempo de espera não ultrapassa os 10 minutos.

Imagem

 Foto: Divulgação

A Subway não possui sistema de Drive Thru, como em outras empresas do gênero. Porém, na filial localizada no centro de Ponta Grossa, existe a opção de estacionamento interno gratuito. Um ponto positivo devido a dificuldade de encontrar vagas perto do estabelecimento em plena hora do rush na Avenida Baldúino Taques.

Angélica Szeremeta

 

Serviço:

Subway

Horário de Funcionamento: 11:30h às 23h

Preços: de R$ 5,95 à R$15,40.

Além de sanduíches são servidas saladas e cookies.

R. Balduino Taques, 853, Ponta Grossa, PR 84010-050, Brazil

Praça de alimentação Shopping Palladium

21/09/2012

Uma combinação entre gastronomia e cultura pop

Hamburgueria apresenta sanduíches menores, mas com maior variedade de sabores

Chuck Berry, BB King, Brigitte Bardot e James Dean, além de serem nomes de grandes personalidades da música e do cinema, também dão nome aos sanduíches e pratos doces da hamburgueria Square Burguer. Localizado nas proximidades da Avenida München, centro de Ponta Grossa, o estabelecimento está em Ponta Grossa desde janeiro de 2012, e funciona como uma alternativa aos tradicionais espaços dedicados a lanches do gênero.

Foto: Divulgação

A principal característica da empresa é a conectividade com as redes sociais. Ao seguir os perfis da hamburgueria no twitter e facebook, os clientes têm acesso às promoções relâmpago, o que é um atrativo aos amantes de lanches do gênero. Os descontos tornam mais interessante o contato com a empresa, que funciona apenas no balcão e com o delivery.

O tamanho dos sanduíches e o formato quadrado também são um diferencial. Por terem tamanho muito menor que o convencional encontrado em diversos estabelecimentos na cidade, os produtos apresentam maior variedade de sabores, 18 no total. Os hambúrgueres são vendidos individualmente ou em combos, que vão de três até 12 unidades, com o opcional de batatas fritas e refrigerantes. Quem não gosta de carne pode pedir também os sabores com o hambúrguer de soja, assim como os pratos doces com banana, goiabada, queijo, e também pão.

O tempo de entrega varia pouco dos outros locais que oferecem o serviço. Entretanto, o formato da embalagem e os sanduíches revestidos separadamente por papel alumínio fazem com que o cliente não seja prejudicado com lanche amassado ou ingredientes trocados devido a eventuais obstáculos do percurso da entrega.

                                                                                                Thaís Belluzzo

 

Serviço:

Local: Square Burguer Ponta Grossa

Endereço: Barão do Cerro Azul, 597. Centro de Ponta Grossa

Telefone: (42) 3301 8500

Horário de atendimento: Diariamente das 17 às 23h30

10/08/2012

Pode vir que o Tempero é Maneiro

Com variedade no cardápio e preço acessível, o restaurante consegue conquistar uma boa freguesia

Localizado na Rua Santos Dumont, dentro do Shopping Antártica, no Centro de Ponta Grossa, o Restaurante Tempero Maneiro traz diversidade e economia para o almoço dos ponta-grossenses. O restaurante oferece 10 opções de pratos quentes que incluem feijão, arroz, macarrão, farofa, risoto. Entre as opções também estão 10 opções de pratos frios como saladas variadas, além de seis tipos de carne e uma massa, geralmente lasanha.

Foto: Divulgação

O local funciona desde 2011 mas, apenas um ano, o Tempero Maneiro já conquistou muita freguesia. Ao entrar no estabelecimento percebe-se um grande movimento e quase todas as mesas estão ocupadas. A alta freguesia se deve a sua localização, em frente ao Calçadão, lugar onde passam milhares de pessoas por dia e se concentram áreas comerciais. A maioria das pessoas que frequenta o local trabalha no comércio dos arredores.

Outro fator da popularidade do restaurante é o preço acessível. O Buffet livre custa R$ 3,50 e inclui os pratos quentes e frios. Para os que desejam repetir, são cobrados mais R$ 1,25. As carnes e a massa são pesadas separadamente, e é aí que o restaurante lucra, pois o valor cobrado é mais temperado que a comida – menos de 100 gramas de carne chegam a custar o valor do Buffet livre. Para beber, o restaurante oferece desde sucos com o valor de R$ 0,90 o copo de 90 ml e R$ 1,60 o de 150 ml a refrigerantes e água. Mesmo o baixo custo do Buffet, o local consegue manter a qualidade dos pratos, que não deixam a desejar e satisfazem o cliente. 

Ana Paula Schreider

Serviço

Restaurante Tempero Maneiro

Endereço: Rua Santos Dumont, 855 – Centro – Ponta Grossa, PR

Telefone: (42) 3025-4343

Atendimento: segunda a sábado, das 11h às 14h30

03/08/2012

“Alô, gostaria de pedir uma pizza”

Hábito cada vez mais comum entre consumidores de pizza reflete uma tendência associada ao crescimento da cidade

Seja uma quarta-feira pós-trabalho, seja um sábado com os amigos, uma pizza sempre é um ótimo pedido. O prato tradicional da culinária italiana caiu no gosto dos ponta-grossenses pelo sabor e a facilidade em compartilhar com amigos ou família. A procura pelo serviço, aliado ao baixo custo de produção faz com que pululem pizzarias pela cidade, em sua maioria disk-entregas, que muitas vezes não oferece nem local para consumir o produto no estabelecimento.

O surgimento de disk-pizza se da principalmente nos bairros, com intenção de atender ao público destas regiões que não costuma vir para a área central da cidade, onde predominam estabelecimentos que oferecem pizza “a la carte” ou em sistema de rodizio. Atualmente, Ponta Grossa conta com mais de 40 pizzarias. E, destas, cinco oferecem o serviço de rodizio, mais da metade trabalha somente com entregas e as que oferecem espaço para consumo no estabelecimento, em geral, não tem espaço para receber mais de 20 pessoas.

A diversidade de pizzarias cria uma maior concorrência e dá mais opção aos fãs de pizza, com diversos preços, promoções e variados sabores. Vale (quase) tudo para tentar atrair e manter os clientes, seja com descontos, tratamento diferenciado ou sabores exclusivos. Ainda assim, o grande número de estabelecimentos não dá conta da demanda. Em alguns dias e horários, são mais de 60 minutos esperando pela pizza, e se torna difícil ser conseguir ser atendido após a meia noite durante a semana ou em qualquer horário na segunda-feira.

                                                                                                                                                                                                                              Lucas Matos

Serviço:

O telefone das principais pizzarias de Ponta Grossa pode ser encontrado em:

Guia +:  http://www.guiamais.com.br/busca/pizzarias-ponta+grossa-pr?page=1&queryId=845063754776206848

Tudo Ponta Grossa:  http://tudopontagrossa.com.br/portal/results.php?keyword=pizzaria&where=Ponta+Grossa%2C+Paran%C3%A1%2C+Brasil

06/07/2012

À companhia de diversidade e ambiente agradável

Imagem

A Cia. do Espeto supre a demanda de pessoas por um local heterogêneo que tente agradar todos os tipos de clientes

Ao passar na Avenida München, centro de Ponta Grossa, em um dia qualquer, logo nota-se que a churrascaria e restaurante Cia do Espeto é um dos lugares preferidos do público ponta-grossense. O estabelecimento conta com diversos tipos de pratos, amplo espaço e telões com música. O que destaca o espaço em relação a outros locais da Av. München é o fato de não ser um lugar voltado a um (único) tipo de público, como acontece com muitos bares e churrascarias de Ponta Grossa, principalmente aqueles localizados na Rua Bonifácio Vilela.

Imagem

Foto: Google

Isso se torna claro ao adentrar o estabelecimento e ver a variada clientela que a Cia do Espeto possui. Grupos de amigos e casais de todas as idades se encontram ali. A eles são servidos sucos, canecos de chopp, doses, porções, aperitivos e pratos diversos.  O preço não chega a ser pesado para o cliente, que pode comer uma porção de frango a passarinho e pagar cerca de 10 reais. Mais um ponto que difere a Cia. dos demais estabelecimentos da cidade, que costumam oferecer comidas que custam ao cliente muitas horas de trabalho.

O problema do local está na demora, pois uma pessoa chega a ficar tomada por tédio ao esperar seu pedido. Esse pode ser um motivo para o cliente deixar de frequentar o recinto. É um ponto que deve ser mudado para que isso não aconteça. Ninguém gosta de esperar, sobretudo em um lugar onde se é o único que ainda não comeu ou bebeu. Para quem prefere a tranquilidade de um lugar com poucas pessoas, há também uma Cia do Espeto fixado na Rua Doutor Colares, aos moldes do primeiro.

Cesar Paulo da Silva

 Serviço:

Restaurante e Churrascaria Cia. do Espeto – Aberto, diariamente, a partir das 18h

Rua Bonifácio Vilela – Av. München – Centro de Ponta Grossa/PR

08/06/2012

Degustação com sabor de simplicidade

Panificadora Deguste traz o típico café colonial simples, mas com lanches frescos e saboroso

O café colonial é refeição típica no Sul do Brasil, e é fruto da colonização alemã e italiana. Tradicionalmente são servidos pães, salames, queijos, chás, café e doces típicos da cozinha europeia. Num espaço pequeno, mas cômodo, a panificadora Deguste em Ponta Grossa, serve diariamente um café colonial simples, mas com opções diversas que variam diariamente, adaptando-se à preferência dos clientes.

Os lanches servidos são, por exemplo, pasteizinhos de carne, croissants de presunto e queijo, pão de queijo, mini-pizza, sfihas, coxinha, empanada, além de doces, como bolo de chocolate, bolinho de fubá, bolo indiano. Os salgadinhos e bolos são feitos diariamente com ingredientes frescos de fabricação própria, o que muda o paladar e também a aparência dos lanches.

Foto: Anna Flavia Maluf

No espaço há a opção do próprio cliente esquentar o lanche, e servir-se do café com leite tradicional, ou ainda opções mais sofisticadas servidos na máquina, podendo escolher entre café expresso, com leite, cappucino, achocolatado.

O buffet por quilo custa R$ 3,68 cada 100 gramas. É um café colonial simples, mas uma opção que agrada aos clientes. As tortas e os salgadinhos servidos são especialidades da casa, e também são vendidos separadamente. A panificadora localiza-se no centro da cidade, havendo estacionamento próprio. O espaço chama a atenção por trazer o estilo colonial, com uma decoração típica das casas de fazenda. Há somente dois caixas atendendo os clientes, mas o atendimento é rápido. Para quem não conhece, vale a pena uma passada no final da tarde para degustar.                                                                                                                         Anna Flavia Maluf

Serviço:

PANIFICADORA DEGUSTE
Endereço: Augusto Ribas, 581 – Centro
Telefone: (42) 3224-3034
E-mail:deguste@deguste.com.br
Horário de Funcionamento: diariamente das 7h às 22h