Archive for Outubro, 2010

28/10/2010

Crítica de Ponta e uma Agenda Cultural

Os últimos ombudsman postados no Crítica de Ponta têm falado praticamente do mesmo assunto: a falta de textos. Mas é impossível não “bater na mesma tecla”. A única editoria que está sempre presente no blog é a “Agenda Cultural”. Talvez porque esta seja a mais fácil de ser feita. Afinal, qual a dificuldade de copiar a Agenda do site da Prefeitura?

É perfeitamente cabível aos alunos do segundo ano cumprir com a tarefa de elaborar os textos. Entretanto, o descaso com o Crítica de Ponta é visível, ao ponto de, nesta semana, apenas 4 textos terem sido postados, além da Agenda Cultural. Claro, seria inadmissível não constar tal editoria, já que esta rende o mínimo de trabalho. Não que os outros textos sejam muito difíceis de serem escritos.

Os textos são poucos. Entretanto, a qualidade do blog melhorou ao longo do ano. Isso é fato. Também houve avanço nas escolhas das pautas. Um exemplo é o texto da editoria “Entre Linhas”, que traz a falta de crítica de mídia nos jornais de Ponta Grossa, sendo este um assunto bastante pautado nas aulas de Crítica de Mídia e que merece destaque.

A editoria “Antena”, ao invés de criticar a produção jornalística, prefere dar atenção a um programa musical da Rádio Mz. A autora explora aspectos negativos e positivos do programa, além de situar o leitor sobre o tipo da programação musical ao passo que lista algumas canções mais freqüentes. Portanto, atende perfeitamente às expectativas de um texto crítico, ao passo que além de descrever o produto, aponta aspectos do programa. E é esse o dever da crítica.

“Projetor”, que traz o longa “Comer, Rezar, Amar”, apresenta uma crítica superficial do filme. A autora poderia ter analisado a trilha sonora, bem como a fotografia ou enredo, ao invés de ter focado somente na “perda de personagens”, como cita a autora.

Ana Cláudia Massambani

28/10/2010

Dança contemporânea e cultura no ‘Epikus’

A companhia de dança La Ballerina se apresentou no Cine Teatro Ópera, nos dias 21, 22 e 23 de outubro, com o espetáculo de dança ‘Epikus’ cheio de cores e detalhes. Com apresentações de ballet contemporâneo e jazz, os alunos de todas as idades da companhia permitiram um passeio pela história e a cultura de civilizações antigas como a grega, romana e egípcia. O cenário simples era apropriado, pois não tirava a atenção dos espectadores como ocorre eventualmente em alguns espetáculos. O referido cenário era composto apenas por um fundo desenhado, o Coliseu de Roma, alguns pilares e um grande céu azul, deixando espaço para que os dançarinos e o figurino se destacassem.

Ao longo das apresentações foi possível perceber poucos erros de sincronia e equilíbrio. As coreografias, bem elaboradas, valorizavam o movimento dos dançarinos. No entanto, algumas eram um pouco repetitivas. Um dos pontos altos do espetáculo foi a presença de um grupo de crianças, que se apresentaram vestidas de gato tirando risos e palmas da platéia animada.  O público lotou o auditório A do Cine Ópera que possui 694 lugares.

Uma falha do espetáculo foi a quantidade de apresentações. Na intenção de representar diversos aspectos históricos e culturais através da dança, a apresentação se tornou um pouco cansativa, registrando cerca de duas horas de duração com 29 apresentações.

Michelle Ferrari Pavoni

Serviço:

Apresentação de dança “Epikus” – Companhia de dança La Ballerina

Data: 21, 22 e 23 de outubro

Local: Cine Teatro Ópera – Rua XV de Novembro nº 458

Horário: 20:30h

Preço: R$ 32,00 (inteira) R$ 16,00 (meia)

Informações: (42) 3223-1282

26/10/2010

Alimentação, meditação e paixão

‘Comer, Rezar, Amar’ é o mais novo filme protagonizado por Julia Roberts, no papel de Elizabeth Gilbert. Ele conta a história de uma mulher que busca se libertar da vida incompleta que possui na tentativa de algo diferente, que talvez precisaria descobrir. O desafio que Elizabeth obriga a si mesma compreende a vivência de um grande amor, o equilíbrio emocional e novas visões de mundo. Para muitos, o longa parece mais um romance hollywoodiano sem graça e previsível. No entanto, o dinamismo das gravações, possível com os tantos atores e lugares diferentes, pode trazer ao público a mesma vontade de mudança de padrões de Liz, como é tratada a personagem.


A história é verídica, embora sua representação não seja capaz de retratar a realidade. Pelo filme , se vê uma perda de personagens muito frequente, o que confere à Liz a característica efêmera em tudo o que faz. Talvez um defeito tenha sido não abordar Elizabeth na vida profissional. Ela é escritora (tanto que escreve  uma obra que dá origem ao filme) e em nenhum momento é apresentada como tal, apesar deste fato pesar na construção de suas características. A essência desta mulher é encoberta pela pressa da obra gravada que acaba ‘cortando’ aspectos importantes do enredo. Uma coisa é certa: a película incita o público a provar os tantos sabores da vida. E aí a tarefa do cinema parece ser cumprida!

Bruna Bronoski

Serviço:

Filme: Comer, Rezar, Amar

Diretor: Ryan Murphy

Ano: 2010

Duração: 133 minutos

Cinema: Em exibição no Cine Araújo – Multiplex Palladium até dia 28 de outubro (alteração sem aviso prévio)

25/10/2010

Altas doses de inspiração na madrugada com “Mz Collection”

A emissora mais nova da Região dos Campos Gerais do Paraná, a Rádio Mz, FM (90,7) , de Carambeí, durante sua programação, lembra dos ouvintes que sintonizam o rádio no fim de noite e início da madrugada com o programa “Mz Collection”, apresentado pelo locutor Ari Corione, de segunda  a sexta-feira, das 22:00 às 02:00 horas. O programa é feito ao vivo e a potência da emissora é de um kilo e 300 watts de potência. A vinheta inicial informa como será o ritmo no restante da transmissão, com músicas lentas e românticas, propícias ao horário de quem se prepara para dormir. As intervenções do locutor são mínimas, apenas falando os nomes das músicas e intérpretes, com poucas vinhetas que contêm frases de efeito.

Ari Corione destaca, em diversos momentos, a promessa de “altas doses de inspiração” e “sentimentos em forma de música”, para demarcar a característica do que se ouve, não deixando que o ouvinte desavisado procure algo para agitar sua noite. O fato de não apresentar comerciais contribui e prende a atenção ao ouvinte interessado nas músicas que tocam no horário. Entre composições internacionais e nacionais, estão presentes clássicos como “I’ll be there” e “When a man loves a woman” e cantores como Caetano Veloso, Alanis Morissette e Mariah Carey.

Um dos pontos fracos é a interrupção do “Mz Collection” para veiculação do “Show da Fé”, programa decunho religioso, durante uma hora, fazendo com que ouvintes se dispersem.

A Rádio Mz oferece, também, um site (www.mzfm.com.br) atualizado com as canções mais pedidas, letras de músicas, traduções, bem como toda sua programação e possibilidade de ouvir a rádio online. Se o que está sendo transmitido não lhe agradar, pode-se ouvir músicas avulsas. “Mz Collection” prepara o ouvinte para o descanso, com faixas românticas e pouca interrupção na sequência musical.

Ana Carolina Miola

Serviço

Programa: Mz Collection

Horário: Das 22:00 horas até as 02:00

Vinculado de segunda a sexta-feira

Emissora: Mz FM – 90,7

http://www.mzfm.com.br/

24/10/2010

Muito filme para pouca crítica

Com cerca de 1.300 salas de cinema no Brasil, uma produção fílmica bastante elevada, principalmente com a retomada no cenário nacional e a disponibilidade de uma gama de filmes na internet, é notável que a crítica de cinema também acompanhe toda essa produção.

No entanto, mesmo com quatro salas de cinema em Ponta Grossa e filmes em rotatividade constante é de se estranhar que os dois principais jornais diários da cidade (Jornal da Manhã e Diário dos Campos) não tragam críticas de cinema com a mesma frequência que as películas são substituídas por novas, no cinema da cidade.


As poucas críticas que existem em um dos jornais – Jornal da Manhã – se restringem ao evento apoiado pela empresa, o Cine Arte, no Cine Teatro Ópera com apresentação de filmes fora do circuito nacional, prezando produções brasileiras, e da apresentação da agenda do cinema. Mas a crítica efetiva, na prática, não existe!

A limitação de crítica cultural não fica só na sétima arte. Crítica musical raramente é pauta das editorias de cultura dos jornais. Talvez seja essa uma justificativa para as bandas pontagrossenses encontrarem dificuldade de alavancar suas carreiras.


Tomando-se o pressuposto de que os jornais pautam os acontecimentos mais importantes da cidade e de que se trata de um meio informativo, desprezar a crítica à sétima arte e à música é compreender que a população princesina não necessita deste tipo de informação. E justificar que os interesses comerciais impeçam produções de críticas culturais é desprezar também o público.

Leonardo Barretta

Serviço:

Jornal da Manhã – circulação diária. R$1,75

Diário dos Campos – circulação diária. R$1,75

As quatro salas de cinema da cidade estão no Cine Araújo Multiplex Palladium/ Shopping Palladium.

O Cine Arte ocorre aos sábados, às 17hr.

22/10/2010

21, 22 e 23 de Outubro

Atividade: Espetáculo de Dança- Ballet “Épikus”

Promoção: Academia La Ballerina

Local: Cine-Teatro Ópera – Auditório A

Horário: 20h30

Classificação: Livre

Venda de Ingressos e Informações: 3223-1282

22 de Outubro

Atividade: Duelo Play universitário

Local: Play Acoustic Bar

Apresentações: Marcus e Dalto, abertura com Thiago Gaúcho

Ingressos: R$ 12,00 com os acadêmicos de Odontologia e Direito da UEPG

Informações: 3027 6202

Atividade: Lanche vegetariano beneficente

Atrações: videoquê, festival de talentos e mostra de filmes educativos

Local: Sindicato dos Metalúrgicos de Ponta Grossa (Rui Barbosa, 131, Centro)

Horário: das 18h às 22h

Ingresso: R$ 15,00

Informações: 9982 2064 ou 9123 1000

Promoção: Grupo Fauna

Do dia 22 a 29 de Outubro

Atividade: Campanha de doação de sangue – A drop of Love – ajude a salvar vidas e ganhe prêmios

Promoção: Fisk e Hemepar

Informações: 3223 3115 ou 3223 1616

Local: Av. Bonifácio Vilela, 666, Centro

23 de Outubro

Atividade: Projeto Cine-Arte

Exibição do Filme “Domésticas”

Direção: Fernando Meirelles

Ano: 2001

Duração: 85min

Local: Cine-Teatro Ópera – Auditório B

Horário: 17h

Ingressos: Entrada Franca

Promoção: Jornal da Manhã e SMCT

Classificação: 14 anos

Atividade: Show da banda Restart

Local: Clube Verde – sede social

Horário: 19h

Ingressos: R$ 50,00 – Ingresso Inteiro R$ 25,00 – Ingresso Solidário* (necessário trazer 1kg de alimento) R$ 25,00 – Ingresso Universitário (apresentação da carteirinha na compra e entrada do show) R$ 15,00 – Ingresso Clube Verde (apresentação da carteirinha social na compra e entrada do show)

23 de Outubro

Atividade: Noite da Cerveja

Atração cultural: “Avec Élégance” tocando The Beatles, The Doors, Elvis Presley, Rolling Stones, entre outros.

Local: Ia Orana Lounge Bar, Castro, a partir das 22:00

Horário: 22h

Ingressos: Homens R$15,00 ;
Mulheres free até 00h, depois R$10,00

24 de Outubro

Atividade: Apresentação do coral “Estrelinhas Sonoras” – Educação Infantil SESC PG

Promoção: SESC

Local: Cine-Teatro Ópera – Auditório A

Horário: 19h30

Ingressos: Público Dirigido

Classificação: Livre

Informações: Virginia- 3222-5432

26 de Outubro

Atividade: Gravação do DVD Acústico da Banda Diorama

Horário: 20h

Local: Teatro Marista

Ingressos limitados: área VIP R$ 40,00 inteira e R$ 20,00 meia. Geral: R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia.

Locais de venda: Letras MegaStore e Polar avenida

Atividade: Bhagarad Gita: Índia milenar, a filosofia da guerra interior

Horário: 20h

Entrada: 1kg de alimento

Local: Visconde de Nacar, 256 – Centro

Telefone: 3025 5711

Promoção: Nova Acrópole Associação Cultural

27 de Outubro

Atividade: Recital de Violão (apresentação de Brandon Machado, Helisson Lima, Maurício Feirreiro e Régis Dzieviski)

Entrada Franca

Horário: 20h

Local: Cine-Teatro Ópera

Promoção: Concervatório Mestre Paulino

ARTES PLÁSTICAS

Projeto Arte na Indústria: exposição de Artes Plásticas “Cleis Selski”.  A amostra permanece até o dia 27 de outubro

Projeto Arte na Câmara: A exposição “ Paisagens Minimalistas” do artista plástico André Felber. No Espaço Cultural da Câmara Municipal, em horário de funcionamento daquele local. A amostra continua até 29 de outubro

Amanda Cruz

21/10/2010

Exercício pode formar senso crítico

Faz tempo que isso não acontece, mas a semana que passou teve apenas cinco textos, contando com a Agenda Cultural, postados. Talvez, a justificativa tenha sido as inúmeras ocupações dos alunos ou o feriado. Mas isso não livra o compromisso firmado em aula de manter o Crítica de Ponta com postagens diária de textos. Afinal, além do compromisso, o exercício da crítica tem o espaço (privilegiado) do blog. E, para fazer bem, é fundamental apostar na leitura crítica.

Mesmo com a ausência de texto em algumas editorias, os publicados merecem elogios desta edição Ombudsman. A editoria ‘Projetor’ traz, de forma inteligente e leve, o enredo do Filme Toy Story 3, através das sensações construídas pelos autores. Outro ponto é a percepção aguçada da autora.

A abordagem da editoria ‘Na Tela’ chama atenção pela pauta escolhida. Enquanto muitos colegas buscam programas jornalísticos para analisar o conteúdo, desta vez os autores destacam um fator presente nos jornais para discutir: o serviço, como um dos aspectos referenciais da atividade jornalística. De fato, a prestação de serviço eventual não parece ser o mais defensável. Situação que poderia ser modificado nos telejornais.

A editoria ‘Antena’ relembra, mais uma vez, a falta de produção jornalística em emissoras radiofônicas da região (Campos Gerais do Paraná), aspecto que permeia a maioria dos textos publicados que criticam os programas de rádio. Algo, diga-se de passagem, que deveria ser repensado! Já em ‘Entrelinhas’, a autora critica a revista Nuntiare. Uma análise em todos aspectos, comentando a diagramação, critérios editoriais e as impressões que o produto passa ao leitor.

No geral, são textos com características criticas bem distintas, com abordagens e enfoques diferentes. O que se pode inferir é que, por mais que apareça implícita em alguns momentos, a crítica de mídia está presente (e, talvez, fundamentada) nos textos.

Leticia Cabral

20/10/2010

Brinquedos para todas as idades

O filme ‘Toy Story 3’ é a continuação de uma história que enfatiza a visão de mundo dos brinquedos. Nessa fase, a animação apresenta Andy, o dono dos brinquedos, crescido e prestes a ir para a faculdade. Então, os protagonistas, o cowboy Woody e o astronauta Buzz Lightyear, procuram uma maneira de não serem abandonados por Andy.

Ao abordar a relação entre vários brinquedos e seus respectivos donos, o filme ressalta a amizade de uma forma sincera e bela. As franquias anteriores não ressaltaram tanto a relação entre o dono e os brinquedos, preocuparam-se apenas com aventuras vividas pelos bonecos. Porém, neste longa, esta relação é o ponto forte. O filme chama a atenção tanto das crianças como dos adultos e faz refletir sobre a relação e as experiências que tivemos com cada urso, carrinhos e bolas na infância. O espectador é levado para o seu passado e as crianças se identificam no próprio presente.

A animação é bem construída, pois tem originalidade e o enredo possui pontos altos e baixos, há momentos de muitas gargalhadas e outros de choro, atribuindo-lhe equilíbrio. O filme foi bem explorado na tecnologia 3D, porém esse recurso não foi o que mais chamou atenção. Não foi preciso tecnologia para que o longa ficasse bom, ele já é bom mesmo na película 2D.

Janaina Lellis

Serviço

Filme: Toy Story 3

Diretor: Lee Unkrich

Roteiro: Michael Arndt

Ano: 2010

Cinema:

Em exibição no Cine Araújo – Multiplex Palladium cinema até dia 13 de outubro.

20/10/2010

“Você vai viajar no feriadão? Confira agora as condições…”

Quando chegam os feriados, torna-se comum na televisão as matérias que mostram as condições das rodovias, as extensões dos congestionamentos e os melhores horários para viajar. O serviço no jornalismo, que deveria ser quase que diário, fica restrito apenas a algumas épocas do ano. Com exceção da previsão do tempo, muitas outras áreas que interessam ao telespectador ficam de lado na programação.

Que pessoa que use a estrada não só para viajar nos feriados, mas também diariamente em viagens de trabalho, não gostaria de saber das condições das vias diaria ou semanalmente? Os cidadãos que realmente utilizem as rodovias e enfrentam o trânsito todos os dias, querem saber o que vão encontrar quando saírem de casa. Porém, os telejornais da região ainda não conseguem suprir essa necessidade.

Na maioria das grandes cidades, por exemplo, as primeiras edições dos telejornais indicam as condições das ruas mais movimentadas, os pontos e as extensões de congestionamento em cada zona. No Paraná, a prática não é muito usada, sendo utilizada apenas em épocas de feriados, festas ou dias de grande movimento em estradas.

A falta de tal referência nos telejornais não afeta só os telespectadores, mas o próprio jornal que, deixando de veicular esse tipo de serviço, acaba não cumprindo seu papel de trazer informações básicas à população.

Kyene Becker

Serviço

Canal: RPC TV/ Canal 1/7/8

Site: http://www.rpctv.com.br/parana-tv/2010/10/movimento-nas-estradas-e-intenso-no-final-do-feriado/

19/10/2010

Antena ligada ao meio dia em Castro

De segunda a sexta-feira, às 12h15min, entra ao ar, pela Antena Sul FM (102,7), o ‘Antena Repórter’, diretamente de Castro. Trata-se de um programa de caráter jornalístico, com duração de 45 minutos, que atinge um público bastante homogêneo por ser transmitido durante o almoço. É apresentado por Bira, “O Repórter”, e tem participação de Camila Debtio.

Na vinheta de entrada do ‘Antena’ o ouvinte recebe a promessa de um programa com notícias policiais, informação e participação popular. No entanto, não é bem assim! A participação ao vivo do ouvinte não ocorre em todos os programas. Alguns programas são fechados com as entrevistas e notas informativas disponíveis.

Na abertura o apresentador traz uma mensagem de vida ao ouvinte e depois segue com a participação dos convidados . Um ponto forte no programa são as entrevistas, que geralmente abordam o que acontece na cidade. Participam das entrevistas secretários, médicos, professores e demais representantes de setores da comunidade local. As fontes das entrevistas são as ditas oficiais!

Um dos aspectos questionável é a apresentação das notas e boletins informativos. Tudo é transmitido pela voz do repórter, sem sonoras ou participações efetivas da polícia ou de alguém envolvido com o acontecimento apresentado. Fazer boletins com participações não é uma tarefa complicada e nem depende de muito tempo disponível. No entanto, é a grande falha constante, não só na Antena Sul, mas em praticamente todas emissoras da Região dos Campos Gerais do Paraná.

Samara Machado

Serviço

Rádio: Antena Sul FM, 102,7 – Potencia: 30.000 Watts

Programa: Antena Repórter

Exibição: De segunda à sexta, às 12h15

Apresentador: Bira, “O Repórter”