Posts tagged ‘thaís belluzzo’

10/11/2012

Ensaio sobre o envelhecimento

Monólogo londrinense traz reflexão sobre as fases da idade e do mal de Alzheimer

Nuances de emoção e sensibilidade foram notáveis durante o espetáculo da categoria ‘Às dez em cena’, Yolanda Cala Boca, no Cine Ópera, às 22 horas do dia 9 de novembro. Em meio a uma cabana feita de crochê, e uma fina cortina que aparenta as lembranças perdidas, Yolanda mostra as dificuldades que um portador do mal de Alzheimer passa. Instantes de lucidez, que vem e vão todo momento, têm como companhia os objetos, que, assim como as memórias, surgem de repente. Dias e noites passam rapidamente e despercebidos por uma pessoa que não tem mais noção do tempo. Para dar esse sentido, o uso da luz no palco foi fundamental.

O Grupo de Teatro Casa das Fases existe desde 1987 e começou com sede no SESC Londrina. Após uma apresentação na Alemanha, o espaço ficou pequeno para as  ambições dos membros. Surgia, assim, o local “Casa das Fases”. O projeto tem como diferencial o trabalho com pessoas acima de 50 anos, para revelar atores com mais vivência e que consigam expressar isso em sua atuação. A peça apresentada na terceira noite do Fenata recebeu o convite para o VII Transit Festival em junho de 2013, na Dinamarca.

Resultado de uma pesquisa de três anos acerca das fases do envelhecimento humano, que envolve antropologia e psicologia, o tema escolhido foi uma doença que diz respeito às próprias atrizes do grupo, o Alzheimer. Através do estudo e observação, o diretor e autor João Henrique Bernardi resolveu começar as experimentações que
deram origem à peça Yolanda Cala Boca. Por se tratar de um work in progress, ou seja, o conceito da obra ainda não foi preenchido por completo, a peça apresenta algumas dificuldades de ritmo. O cenário traz o minimalismo dos elementos, que surgem com o passar do tempo na obra. As cenas idealizadas pelo autor e diretor, João Henrique Bernardi, são marcadas pelas quebras de andamento. A peça segue arrastada pelo andar de Carmen Mattos, atriz que dá vida e voz à Yolanda. A interpretação consegue prender e comover o público, enquanto a solidão é um sentimento que permeia todo andamento do espetáculo.
A personagem com Alzheimer, abandonada pelos entes como o filho morto, nunca conseguiu superar suas perdas. Nos seus momentos lúcidos, é pelo filho que chama, e é com ele que conversa. Com uma melhor adaptação e junção das cenas, a obra pode se tornar mais interessante e contribuir para uma nova maneira de ver o idoso
portador da referida doença.

Thaís Belluzzo

Serviço:

Peça: Yolanda Cala Boca

Autor: João Henrique Bernardi

Direção: João Henrique Bernardi

Grupo: Cia de Theatro Casa das Fases

Cidade: Londrina – PR

Duração: 30 minutos

Etiquetas: ,
21/09/2012

Uma combinação entre gastronomia e cultura pop

Hamburgueria apresenta sanduíches menores, mas com maior variedade de sabores

Chuck Berry, BB King, Brigitte Bardot e James Dean, além de serem nomes de grandes personalidades da música e do cinema, também dão nome aos sanduíches e pratos doces da hamburgueria Square Burguer. Localizado nas proximidades da Avenida München, centro de Ponta Grossa, o estabelecimento está em Ponta Grossa desde janeiro de 2012, e funciona como uma alternativa aos tradicionais espaços dedicados a lanches do gênero.

Foto: Divulgação

A principal característica da empresa é a conectividade com as redes sociais. Ao seguir os perfis da hamburgueria no twitter e facebook, os clientes têm acesso às promoções relâmpago, o que é um atrativo aos amantes de lanches do gênero. Os descontos tornam mais interessante o contato com a empresa, que funciona apenas no balcão e com o delivery.

O tamanho dos sanduíches e o formato quadrado também são um diferencial. Por terem tamanho muito menor que o convencional encontrado em diversos estabelecimentos na cidade, os produtos apresentam maior variedade de sabores, 18 no total. Os hambúrgueres são vendidos individualmente ou em combos, que vão de três até 12 unidades, com o opcional de batatas fritas e refrigerantes. Quem não gosta de carne pode pedir também os sabores com o hambúrguer de soja, assim como os pratos doces com banana, goiabada, queijo, e também pão.

O tempo de entrega varia pouco dos outros locais que oferecem o serviço. Entretanto, o formato da embalagem e os sanduíches revestidos separadamente por papel alumínio fazem com que o cliente não seja prejudicado com lanche amassado ou ingredientes trocados devido a eventuais obstáculos do percurso da entrega.

                                                                                                Thaís Belluzzo

 

Serviço:

Local: Square Burguer Ponta Grossa

Endereço: Barão do Cerro Azul, 597. Centro de Ponta Grossa

Telefone: (42) 3301 8500

Horário de atendimento: Diariamente das 17 às 23h30

18/05/2012

Uma ode ao sentimento e aos anos 80

Novo álbum do grupo Nenhum de Nós demonstra sonoridade madura

A década de 1980 foi marcada por bandas de rock que conquistaram o público e depois voltaram a fazer sucesso nos anos 2000. Esse foi o caso de grupos como Engenheiros do Hawaii, Ultraje a Rigor e Nenhum de Nós, que se apresenta no próximo dia 26 na Play Acoustic Bar. A banda existe desde 1986, quando lançou o primeiro sucesso, a faixa “Camila, Camila”, que aborda a violência contra a mulher.

Em 2011, o Nenhum de Nós lançou novo álbum, Contos de Água e Fogo. Produzido em parceria com Ray Zimmer, a compilação de 13 músicas inéditas, apresenta faixas diferentes entre si, e utilização de elementos como sintetizadores, gaitas, e violinos. O álbum lembra trabalhos anteriores da banda, exceto pelo uso de guitarras mais pesadas. O destaque vai para a faixa Corrente, que demonstra a qualidade técnica instrumental. A música de trabalho Último Beijo é, sem dúvida, a mais pegajosa, com o refrão “tudo sempre igual, sempre igual”, ganhando o ouvinte pela repetição. Exatamente Igual, expõe melancolia através da mistura harmônica de guitarra, violino e voz.

Foto: Divulgação

O antes trio, e agora quinteto, mostra mais entrosamento que nos anos 80, lança um álbum mais pop e ao mesmo tempo mais pesado que os anteriores, mas cumpre a função de agradar ao público já conquistado. A maturidade dos integrantes talvez influencie nas letras da banda que, mesmo por falar de amor, têm melhores arranjos e composições, sem fugir da proposta inicial do grupo. As músicas de Contos de Água e Fogo servem em uma apresentação, como bons intervalos para os sucessos de Nenhum de Nós.

Thaís Belluzzo

Serviço:

Banda: Nenhum de nós
Álbum: Contos de Água e Fogo

Gravadora: Imã Records

Audição disponível no site da banda: http://www.nenhumdenos.com.br/