Posts tagged ‘Rafaelly do Nascimento’

03/11/2013

Conteúdo ‘monotemático’, se não fosse uma receitinha

entre-linhas12

Jornal Show da Fé, da Igreja Internacional da Graça de Deus, distribui conteúdo cristão para todo País

O jornal Show da Fé é composto por depoimentos e palavras de conforto para os que acreditam na mensagem que transmite. Com 22 páginas coloridas de formato tablóide, o impresso tem a praticidade de ser pequeno e facilmente manipulável. O jornal faz um uso acentuado de pautas frias, que passam a ideia de algo antigo. Mas é compreensível a opção temática adotada, por tratar-se de um veículo mensal.

Imagem

Foto: Divulgação

Em geral, as notícias transmitidas pelo jornal são perfis de pessoas que obtiveram bênçãos divinas e compartilharam a experiência. Dentre os indivíduos beneficiados pode ou não existir membros da Igreja Internacional da Graça de Deus, responsável pela edição do periódico. As reportagens plurais também não compõem as páginas do veículo, que trabalha com poucas fontes de informação.

Por possuir aproximadamente 99% de conteúdo religioso, o Jornal Show da Fé, possui um grupo de leitores mais segmentado que outros jornais religiosos, a exemplo da Folha Universal, que é multitemática. Porém, acaba ganhando uma característica de impresso monotemático, incomum em uma época em que os meios de comunicação então cada vez mais variados. Essa característica não deixa de ser um ponto a favor do produto que ganha ou busca atingir leitores fiéis.

Não existe uma página de opinião no impresso. Mas há colunas disponíveis para receber carta de leitores, como o Espaço do Leitor e Abrindo o Coração. Dessa maneira, o veículo mantém uma interação com os leitores. Na seção Abrindo o Coração, o leitor ou leitora pode enviar questões para o líder da Igreja, Missionário R.R. Soares, e ter as perguntas respondidas e publicadas.

Rafaelly do Nascimento

 

Serviço:

Jornal Show da Fé

Produção: Igreja Internacional da Graça de Deus

Circulação: Nacional. Tiragem: 1.100.000 exemplares. Periodicidade: Mensal.

Valor: R$ 1,00, mas também é distribuído gratuitamente por membros da Igreja durante atividades de evangelização.

31/08/2013

Sabores doce e azedo, porém com preço salgado

pratos

Próprio de regiões de baixa temperatura, o morango é oferecido em Ponta Grossa durante o inverno

      Vermelhos e azedinhos, os morangos ficam à venda nas feiras. O fruto da estação recheia as fôrmas verdes, expostas aos possíveis clientes da Feira do Jardim Carvalho. Com uma coloração avermelhada e formato triangular, o produto não passa despercebido entre as pamonhas, coxinhas, pastéis e outras mercadorias oferecidas no local.

    A característica de não ser inteiramente adocicado permite que o morango complete o sabor de outros doces, sem provocar mal-estar pelo excesso de açúcar. Por essa razão, existem variedades ilimitadas do fruto, como iogurtes, sorvetes, biscoitos, tortas e balas. Além de rechear os produtos, ele também pode ser acompanhado de cremes, como o chantilly.

Foto: Luana Caroline do Nascimento

Foto: Luana Caroline do Nascimento

      Típico de regiões frias, os morangos adaptam-se ao solo paranaense, que tem baixas temperaturas. Ainda sim, a produção é dificultada com as geadas, que geram a necessidade do uso de lonas. Isso aumenta o custo de produção, revertido no valor da mercadoria.

      Não é comum que as pessoas plantem o fruto em casa. Na feira, a venda do produto não é á “aquelas coisas”. É perceptível, por exemplo, barracas de morangos vazias, comparadas as que oferecem outras mercadorias. Uma das razões para esse fenômeno é o preço alto, de aproximadamente R$ 3,00 cada fôrma, de 10 a 15 unidades, e que varia conforme a proporção da fruta.

     Se por um lado os morangos ficam equilibrados entre o doce e o azedo, por outro, o custo é salgado, fator que prejudica a venda do produto. O fruto vende mais por ser anual, portanto raro, ao invés das bananas que têm apelo e são vendidas “a preço de banana”.

Rafaelly do Nascimento

 Serviço:

O morango pode ser encontrado em feiras e mercados da cidade a partir de R$ 3,00 cada fôrma.

09/08/2013

Conteúdo para poucos escolhidos

antena11

Bispo Edir Macedo controla único meio radifônico inteiramente religioso da Princesa dos Campos

     Em 2002 nascia em Ponta Grossa a primeira emissora radiofônica com programação cristã. Rede Aleluia FM 93.1 é a única estação da cidade com conteúdo inteiramente voltado a questões religiosas. O veículo, que pertence à Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), é voltado para um público seleto, como demonstra o slogan: “Rede Aleluia, a rede da família cristã”.

       Composta por canções gospel e seculares em um quadro com cunho religioso (a exemplo da atração ‘Terapia do Amor’, a grade apresenta canções românticas pedidas pelos ouvintes, a fim de uni-los em nome de Deus). A programação local é feita por meio da pregação de pastores da Igreja Universal da cidade, com leitura de orações e promessas aos ponta-grossenses, que podem ligar para a emissora e pedir bênçãos ou testemunhar algum milagre que tenham recebido.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 A segmentação da emissora indica uma limitação de público, o que consequentemente diminui a audiência e popularidade do veículo. Também existe a questão da falta de programação local pois, em geral, os programas são transmitidos via satélite do Rio de Janeiro. Sem uma identidade regional, a Rede Aleluia diminui as chances de proximidade com o público ponta-grossense.

     A rede da família cristã também se propõe a evangelizar a população. Por meio das transmissões da rádio mais pessoas podem conhecer a Igreja Universal e, por consequência, a instituição pode agregar mais membros. O contrário também acontece, quando os membros da denominação passam a ouvir a rádio, consolidando a audiência de uma determinada programação.

Rafaelly do Nascimento

Serviço:

Rádio: Rede Aleluia 93.1 FM

24 horas no ar, com programação local e do Rio de Janeiro

Site: http://www.redealeluia.com.br/