Posts tagged ‘Moda e estilo’

24/05/2013

Uma questão de vaidade ou necessidade?

moda e estilo.Tratamentos estéticos são procurados para cuidar de problemas com a aparência e com autoestima

     Antes generalizado como um mercado voltado ao público feminino, hoje, os tratamentos estéticos atendem um grupo heterogêneo. Tanto mulheres, quanto homens de uma variedade de faixas etárias, necessidades e objetivos procuram clínicas especializadas em cuidar da aparência física. Outros estabelecimentos procurados são os salões de beleza, clínicas dermatológicas e cirúrgicas.

     Enquanto para alguns é uma questão de vaidade e de apresentar uma aparência “bem cuidada” e bela para as pessoas, outros recorrem aos tratamentos por necessidade maior que uma insatisfação com o físico ou para se sentirem bem. Nesse ramo, pode-se recorrer desde cremes até cirurgias. O importante é buscar clínicas e profissionais confiáveis e especializados para garantir o resultado esperado, pois há concorrência na indústria da estética, assim como em qualquer outra.

revitalizacao_facialDivulgação

     Os tratamentos mais procurados são aqueles que combatem os sinais do tempo, acne, gordura localizada, estrias e celulite, manchas e defeitos provocados por acidentes ou pela hereditariedade.

     Seja qual for o motivo, a preocupação com a estética não precisa ser tratada como luxo, pois hoje é mais acessível financeiramente. Todos têm direito a ter a aparência que desejam, contanto que não se torne uma obsessão, como no caso dos excessos de cirurgias plásticas. Ou prejudicial à saúde, assim como tratamentos faciais e corporais dolorosos que não oferecem resultados duradouros, ou remédios sem prescrição que prometem efeitos milagrosos.

Giovana Kai

 Serviço:

Os tratamentos, assim como seus preços são disponibilizados de acordo com a especialidade de cada estabelecimento e profissionais.

22/03/2013

Sidecut: a tendência de apenas um lado

moda e estilo.

Cabelo raspado na lateral é moda entre homens e mulheres e chama atenção pelo estilo e personalidade

    Novidade nos anos 80, o cabelo sidecut, ou “cortado de lado”, na tradução livre, voltou a agradar a cabeça de pessoas que aderiram o novo corte como forma de versatilidade ao cabelo moderninho. Na nova versão “repaginada”, o corte deixa de ser exclusivamente masculino e ganha o público feminino que abusa da criatividade na hora de desfilar o sidecut pelas ruas da cidade e televisão, por celebridades.

    O corte é simples e não exige mais que o uso de uma máquina nos lados da cabeça, que pode ser personalizado de acordo com o penteado e gosto. Entretanto a dificuldade do corte fica na manutenção, que deve ser feita regularmente, já que os fios começam a crescer e perdem a principal característica. Deve-se considerar que o cabelo demora a voltar ao tamanho original e por isso é difícil de mudar de corte se você enjoar do estilo. Entre as diversas possibilidades de uso do sidecut estão os fios mais caídos, jogados para o lado e topetes.

Moda e estilo - Aline

Foto: Divulgação

    Outra tendência que também agrada ao público destemido e com coragem de ousar nas “madeixas” é o undercut, que tem o mesmo objetivo mas raspado na nuca e não nas laterais. Ambos são bem radicais, mas não intimidam as pessoas que veem no corte uma forma de expressão e ousadia na sociedade atual.

    Muito utilizado por punks em outras épocas, o corte é relacionado ao comportamento pelo diferencial que trás e pela ousadia de raspar o cabelo em um corte que dificilmente agrada todos os gostos e combina com todos os tipos de rosto e personalidade. Mais que um corte, o sidecut promete quebrar os estereótipos e cair no gosto de todos os tipos de pessoa.

Aline Czezacki