Archive for Novembro, 2013

22/11/2013

Agenda Cultural

24 de novembro

 “Sinfonia Inacabada – Schubert”- Concerto da Orquestra Sinfônica Cidade de Ponta Grossa

Local: Cine-Teatro Ópera

Horário: 11h

Ingressos: Entrada Franca

 

25 de novembro

 

Festival de Canto de alunos da Rede Municipal de Ensino

Local: Centro de Cultura Cidade de Ponta Grossa

Horário: manhã e tarde

Atividade aberta ao público

 

Audição de Classe de Piano – Professor Vinícius Fabri

Horário: 19h30

Local: Conservatório Maestro Paulino M.Alves – Sala de Ensaios

Entrada: franca

 

25 e 26 de novembro

 

Congresso de Logística

Local: Cine-Teatro Ópera

Horário: 20h

Ingressos: R$ 50,00

 

 

26 de novembro

 

Abertura do 1º Salão Nacional de Arte Contemporânea e novas tecnologias

Local: Galeria João Pilarski e Galeria Lúcio Ribeiro

Horário: 20h

 

Audição de Classe de Piano – Professor Douglas Passoni

Horário: 19h30min

Local: Conservatório Maestro Paulino M.Alves – Sala de Ensaios

Entrada: franca

 

Projeto Tela Alternativa- Filme: Minha Bela Dama (My Fair Lady) .

Local: Cine-Teatro Ópera – auditório “B”

Horário: 19h30

Ingressos: Entrada Franca

Classificação: 16 anos

 

27 de novembro

 

Projeto Sentinela – Projeção de filmes

Horário: 09h e às 14h

Local: Centro de Cultura Cidade de Ponta Grossa

 

Audição de Classe de Flauta – Professor Leandro Gaertner

Horário: 19h30min

Local: Conservatório Maestro Paulino M.Alves – Sala de Ensaios

Entrada: Franca

 

Apresentação de alunos de Musicalização infantil do Conservatório Maestro Paulino

Local: Cine-Teatro Ópera

Horário: 19h30

Ingressos: R$ 10,00 (inteira ) e R$ 5,00 (meia)

 

Abertura de Exposição “ Individual Cleís Selski”

Local: Mansão Vila Hilda

Horário: 20h

 

28 de novembro

 

Mostra Cultural do CAPS AD

Horário: 9h às 11h e das 13h às 18h

Local: Centro de Cultura Cidade de Ponta Grossa

Atividade aberta ao Público

 

29 de novembro

 

Espetáculos de Teatro com direção de Rafael Pedretti

Programação: “A Hora da Estrela” – 19h- “Electra” – 21h

Local: Centro de Cultura Cidade de Ponta Grossa

Classificação: 14 anos

Valor: R$10,00 (inteira) e R$ 5,00(meia-entrada)

 

Espetáculo teatral “Rir e Refletir”

Local: Cine – Teatro Ópera

Horário: 20 h

Ingressos: R$ 5,00 (preço único)

 

Etiquetas:
22/11/2013

Pouco pano, mas muita ousadia no look

moda-e-estilo1

As blusinhas curtas são a nova aposta do verão, mas cuidado para não faltar pano e sobrar pele

        A blusa cropped é a nova tendência de verão. Além de se ajustar às exigências do clima, a vestimenta também pede por discrição e bom senso na hora de usá-la para que não fique vulgar. Ao contrário dos tops que fizeram sucesso na década de 1990, os croppeds vêm com um toque de refinamento que, apesar de curtos, não têm a intenção de mostrar o corpo.

        O cropped pode ser justo ou largo, mas sempre acima do umbigo, porém a regra principal para usá-lo é justamente não mostrar o umbigo, e assim mais uma tendência da moda surge sem pesar o look, o cós alto. Pode ser calça, saia ou shorts, mas o importante é que o umbigo fique escondido.

certo-errado-cropped-37680

Foto: Divulgação

       Interessante é o equilíbrio de proporções, tanto de tecidos quanto de tamanho, na hora de montar o look. Se o cropped for justo, uma saia larga. Se o cropped for de um tecido fino, vale apostar em um shorts jeans. E se quiser abusar da combinação inteira colante não esqueça de jogar um casaco por cima para não ficar vulgar.

         Mas cuidado! Como toda tendência de moda, nem tudo fica bom para todos os corpos. Por marcar demais e exibir um pouco mais de pele, os croppeds não são recomendados para as mulheres que estiverem um pouco acima do peso, pois apesar de não exibir a barriga, o cropped também não esconde as formas. E, aí, vale a regra do bom senso!

        Quem souber montar um look diferente na moda pode apostar, com tudo nos croppeds, além de serem ótimos companheiros para o verão, a pessoa que usar conseguirá ser sexy sem ser vulgar, além de seguir as maiores tendências de moda verão 2013/2014.

Isabela Almeida

Serviço:
Os croppeds podem ser encontrados nas melhores lojas de roupa da cidade.
Os preços variam, mas podem ser a partir de R$50,00.

22/11/2013

Não há convívio no vazio

outros-giros21

Centro de Convivência da UEPG, no Campus Uvaranas, desmotiva a presença de pessoas em suas dependências por falta de atrativos

        Os 1,3 milhões de reais investidos na construção dos 2.235,37m² do Centro de Convivência “Profa. Cândida Leonor Miranda” não tem retorno, no ponto de vista de eficiência na proposta do espaço. Localizado no Campus de Uvaranas da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). E a escassez de atrativos que estimulem a ‘convivência’ desmotiva as pessoas a frequentarem o local.

         Inaugurado em outubro de 2008, o ambiente que deveria prestar serviços à comunidade, com lanchonete, posto dos Correios e uma sede para o Diretório Central dos Estudantes (DCE), funciona, no momento, com principal atrativo a permanência provisória da biblioteca do campus de Uvaranas em suas dependências. Os banheiros, um posto da Caixa Econômica Federal, Livraria da UEPG e o Protocolo Geral, que se dispõem do espaço ao centro, são pontos positivos na medida em que reunir estes serviços num mesmo local facilita o acesso dos acadêmicos.

Foto Maria Luísa Cerri

Foto: Maria Luísa Cerri

       As 14 mesas com 12 cadeiras e cinco bancos, dispostos no amplo saguão, não são suficientes para chamar a atenção da comunidade ao Centro de Convivência. Mas se o fluxo de pessoas no espaço fosse maior, a média relacionada às mesas de estudos com o número de estudantes matriculados na UEPG seria de 768 alunos para cada mesa, o que evidencia uma falha, além de um descompromisso.

         Ponto negativo, além do mau uso da estrutura dentro da proposta de convivência, é a ausência de uma parada de ônibus próxima ao local. As iniciativas de revitalização, como enquetes questionando quais serviços os acadêmicos gostariam de ter disponíveis no espaço, não passam de “fogo de palha”. Muito se fala, pouco se faz.

Crys Kuhl

Serviço:

O Centro de Convivência “Profa. Cândida Leonor Miranda” se localiza no Campus de Uvaranas da Universidade Estadual de Ponta Grossa, na Avenida Carlos Cavalcanti, 4748, ao lado da ponte sob o trilho do trem. Além de abrigar, provisoriamente, a biblioteca universitária, conta com a Livraria da UEPG, Protocolo Geral, sucursal da Caixa Econômica Federal, banheiros e mesas para estudo.

22/11/2013

Dança de frutas e leite no liquidificador

pratos

Suco com leite, apesar do custo, pode acompanhar refeições diárias e é uma das opções de refresco para estações quentes

        É consenso: suco é uma das bebidas ideais para matar a sede e refrescar o calor durante o verão. A tradicional mistura de água com frutas é a “queridinha” no cardápio dos brasileiros, principalmente quando se trata do suco de laranja. A inovação vem com a substituição da água pelo leite puro ou leite condensado. A bebida ganha “cores e sabores” novos e quase chega a ser um milk-shake quando alguns ingredientes passam a ‘dançar’ dentro do liquidificador.

         A polpa do morango, por exemplo, juntamente com açúcar e leite, formam uma combinação vantajosa até mesmo para ‘driblar’ a fome. Servida em copos grandes, geralmente, a bebida chega à boca do consumidor com um aspecto espumoso, o que lembra a consistência do sorvete. Mas são só as aparências. Suco com leite pode acompanhar as refeições diárias, como o almoço, sem atrapalhar. Ninguém vai dizer que é “gulodice” tomar suco com leite e comer um bife. Não seria a mesma coisa se alguém resolvesse almoçar ao mesmo tempo em que desce “goela abaixo” um copo de sorvete.

sco

Foto: Divulgação

        Como nem tudo nesse mundo é ‘cor-de-rosa’ igual a bebida de morango, vale acrescentar que o preço não é lá muito acessível ao bolso, afinal, um copo de aproximadamente meio litro não sai por menos que R$ 2,50. Se comparado ao valor dos refrigerantes de mesma medida, algumas vezes se torna mais econômico deixar o suco para lá. No entanto, se o indivíduo resolve prepará-lo em casa, rende para a boca e o bolso. Ele bebe mais e gasta menos. Basta, portanto, escolher uma fruta ou polpa dessas, ter leite na geladeira e, é claro, um liquidificador para o preparo.

Keren Bonfim

  Serviço: A bebida com diversos sabores pode ser encontrada em restaurantes e lanchonetes da cidade por preço que variam entre R$ 2,50 e R$ 4,00.

22/11/2013

Em busca de diversidade (musical)

vitrola21

Em 2013 a organização da München procurou trazer apresentações musicais mais ecléticas ao público, mas sertanejo ainda predomina

        Agradar a todos, em um evento como a München Fest, não é uma tarefa fácil. Afinal, as pessoas gostam de gêneros musicais diferentes e a escolha oficial nunca será suficiente. Mesmo assim, a 24ª edição do evento conseguiu de forma bem sucedida agrupar apresentações de músicos e bandas dos mais diversos estilos musicais em uma programação mais eclética neste ano.

      Os shows München 2013 passam pelo funk ao rock nacional, de Fábio Jr. à Armandinho.  Os estilos, não tão prestigiados em anos anteriores, atraem um público diferente durante todas as noites de atividades. Essa rotatividade de pessoas faz, não apenas com que o lucro seja maior, mas com que o evento cresça diante da comunidade ponta-grossense, que diversas vezes reclamou de não possuir opções, atrações diferentes durante as apresentações.

download

Foto: Divulgação

         Na München Fest anterior o gênero predominante, quase único, foi o sertanejo universitário. Ainda não se pode comemorar uma elevada redução dessa vertente musical para garantir uma maior variedade. Porém, comparativamente, essa extensão tem menos apresentações que no último ano, mesmo assim, ainda é dominante no evento. Em 2013 serão três os shows de cantores e duplas sertanejas durante os 10 dias de München.

      Como nada atende a todos, ainda existirão muitos comentários que a programação é ruim, que não foram chamadas seus artistas, ou não possuem apresentações que contemplem o seu estilo musical. Mas é preciso entender que nem sempre é possível atender a todos os variados segmentos de público.

Rafaela Oliveira

Serviço:

A München Fest acontece do dia 29 de novembro ao dia 8 de dezembro.

Para ver a programação acesse: http://www.pontagrossa.pr.gov.br/files/munchen/programacao-24-munchen-2013.jpg

22/11/2013

Touchdown na terra do gol de placa

livro-aberto

Livro sobre o futebol americano no Paraná faz resgate histórico, mas peca na hora da narrativa

        Livros-reportagem têm uma aura quase mística. Não é a toa que muitos futuros profissionais da imprensa assumem o desafio de escrever um. É o caso de Rodrigo de Souza, estudante do curso de Jornalismo da UEPG. Ele procurou resgatar a história do futebol americano no Paraná no trabalho de conclusão de curso. O resultado foi Conquistando Território, livro de 128 páginas recheadas de curiosidades que podem interessar aos admiradores do esporte.

        Além de relatar acontecimentos folclóricos, no melhor estilo Guia dos Curiosos – o primeiro time de Ponta Grossa jogava de vermelho, apesar de ser chamado de “Black Knights”; o clube mais antigo do Paraná tem como treinador um gringo desconhecido encontrado nas ruas de Curitiba – o texto faz amplo levantamento histórico. E se destacam as informações sobre os resultados dos primeiros campeonatos da região, por exemplo.

1382244_598260570232155_2025044297_n

Foto: Divulgação

        O acervo impressiona e certamente agrada ao fã do football. Entretanto, em momento algum a obra assume uma linguagem de narrativa. Não há aprofundamento nos personagens, diálogos ou flertes com a literatura, algo característico das reportagens em profundidade. O mais próximo disso é a crônica de uma partida, no último capítulo. Isso pode desinteressar o leitor casual, que procura, acima de tudo, ler uma história cativante.

      Conquistando Território merece aplausos por se arriscar em um tema ainda pouco explorado e recente. Também serve como almanaque histórico, cheio de informações pertinentes. Falta, porém, um tempero a mais para conquistar leitores que não fazem ideia do que é um quarterback.

Rodrigo Menegat

 

Serviço:

A banca de avaliação do livro aconteceu no dia 12 de novembro/2013. O autor pretende disponibilizar o PDF do texto na internet em breve. Contato: Rodrigo de Souza – souza11rodrigo@gmail.com

22/11/2013

Entre a jovem guarda e as últimas notícias

antena

Programa da Rádio Clube, apresentado por Chocolate, alterna informações e canções que marcaram uma época

         O programa ‘Música e Informação’, da Rádio Clube de Ponta Grossa (AM 1080), leva ao ouvinte o saudosismo das canções da jovem guarda entre as últimas notícias. Apresentado por uma das vozes mais conhecidas e respeitadas do rádio ponta-grossense, Nelson Ribeiro, conhecido pelo apelido de ‘Chocolate’, o programa segue praticamente o mesmo ritmo nas duas horas de duração.

         No início de cada bloco, o apresentador fala das canções tocadas anteriormente, lê as notícias, e, em seguida, fala o nome da próxima canção executada no programa, e então duas músicas são apresentadas, uma nacional e outra internacional. O locutor destaca as informações regionais de diversos temas, desde tragédias até notícias esportivas, mas a maior parte do programa é dedicada às músicas, o que torna o jornalismo complemento, e não parte principal de ‘Música e Informação’.

chocolate1

         Foto: Divulgação

         A maioria das canções transmitidas é de clássicos da jovem guarda, e canções românticas internacionais dos anos 1960 e 70, o que revela o público-alvo do programa. Um dos aspectos da produção é que não há uma quantidade elevada de propagandas e há um espaço para campanhas, como é o caso da atual campanha em defesa do direito das crianças.

        Um dos principais pontos que dão audiência ao programa é o horário reservado para a utilidade pública. Como no momento em que o locutor lê os empregos disponíveis da agência do trabalhador, e separa entre os que requerem ou não de experiência, além dos falecimentos do dia, momento qual é informado o horário do sepultamento e o local onde viviam os falecidos.

João Henrique Santos Souza

Serviço:

O programa é apresentado na Rádio Clube AM 1080 KHz, das 16 às 18h.

O site da rádio é www.prj2.com.br

22/11/2013

Um esporte que a massa vê

na-tela

Globo Esporte da RPC valoriza o estado, mas atropela notícias esportivas do restante do país

      Desde que a Rede Globo de TV implantou, nos últimos anos, o formato integralmente regional para o programa Globo Esporte, a atração é produzida no Paraná pela RPC TV. A emissora é responsável pela apresentação e produção de conteúdo próprio, recebendo da matriz apenas determinadas matérias de cunho nacional.

        A mudança valorizou o esporte paranaense como um todo, não apenas o futebol, que habitualmente aparece como destaque, ao lado do futsal. No entanto, os acontecimentos nacionais acabaram limitados no quesito tempo. Mesmo que noticiados, isto ocorre de forma muito rápida e pouco detalhada. Mesmo no Campeonato Brasileiro de Futebol, ‘carro chefe’ do esporte no programa, a emissora deixa de mostrar determinados gols de algumas partidas, em uma mostra clara indicação de que o tempo na TV é uma barreira.

      A imagem e áudio do estúdio seguem o padrão Rede Globo de São Paulo e Rio de Janeiro, com uma iluminação favorável e som claro. No entanto, é possível notar um grande contraste em matérias e reportagens realizadas no interior do estado, em que a qualidade é claramente inferior nestes quesitos.

foto reproducao

Foto: Reprodução

      A apresentação, realizada na maioria das vezes por Rogério Tavares, é descontraída e com um tom informal característico das produções esportivas, mas sem buscar a comédia em todos os momentos do programa, como ocorria na transmissão gerada.

      Com a retirada do bloco nacional, o tradicional espaço reservado ao esporte na emissora regional, deixa de ter uma referência totalmente nacional durante a semana, mas a RPC consegue valorizar a programação e o esporte local sem deixar cair o nível valorizado pela TV Globo.

Rodrigo Huk

Serviço:

Globo Esporte – RPC TV, de segunda a sábado, 12h50

22/11/2013

Dê um destaque ao seu empreendimento

entre-linhas12

Jornal local possibilita anunciar o comércio dos bairros da Nova Rússia, Uvaranas, Santa Paula e centro

    O jornal Destaque do Comércio é distribuído quinzenalmente e tem como proposta divulgar e promover o comércio de Ponta Grossa. O veículo possui seis editorias (Destaque, Construção e Decoração, Acontece, Informativo, Variedades e Promoções), que são distribuídas em oito páginas coloridas.

        Todas as páginas possuem diagramação simples e veiculam propagandas. As editorias são apenas formas de distribuir a publicidade por aspectos semelhantes, o que facilita a procura do leitor. A primeira editoria, “Destaque”, abre oportunidade para qualquer tipo de anúncio. “Construção e decoração” contêm propagandas de construtoras e lojas de móveis planejados. “Acontece” e “Informativo” são as únicas páginas com conteúdo de caráter noticioso, “Acontece” tem teor cultural e a outra traz informações sobre assuntos gerais e publicidade de eventos.

1459199_215496051962886_989930216_n

Foto: divulgação

      Na página de ‘Variedades’ o leitor encontra horóscopo, jogos (caça palavras) e notícias sobre a cidade. Um aspecto negativo no jornal é o fato de você encontrar um anúncio do veículo entre suas páginas. Isso dá a impressão de que há uma falta de conteúdo para preencher a publicação. Outro fato incomum é que nenhuma matéria do jornal é assinada, e não há expediente (para indicação autoral).

         O periódico, que é carregado de publicidade e carece de informação, possui três pontos fixos de distribuição gratuita: a lotérica Coradassi, localizada na Av. Dom Pedro II – Nova Rússia, a lotérica Princesa dos Campos II, localizada na Praça Barão de Guaraúna – Centro, e no Supermercado OBA, localizado na Av. General Carlos Cavalcante – no bairro de Uvaranas.

Rafaella Feola

Serviço: Jornal Destaque do Comércio

Distribuição gratuita. Periodicidade: quinzenal

Tiragem: 50 mil exemplares

Telefone: (42) 3086 5115. Email: destaquedocomerciopg@gmail.com

Página no facebook: https://www.facebook.com/JornalDestaqueDoComercio

22/11/2013

Uma fuga impensável e perigosa

projetor322

Mais um filme relacionado a prisões, que aposta em atores famosos, mas não os melhores do cinema

      Depois de avaliar outras prisões de segurança máxima, o ator principal, Sylvester Stallone, como Ray Breslin, desenvolve um modelo estruturalmente à prova de fugas. Breslin é preso e enviado a prisão que ele mesmo havia criado. No presídio, ele busca achar uma escapada, impensável até então. Do diretor Mikael Hafstrom, o filme buscou a construção de um roteiro simples, mas baseado na diversão e ação.

        Filmes sobre prisões fazem parte do catálogo de filmes clichês, mas ainda conquista a atenção do público. Dessa vez, primeiramente por ter como protagonista dois atores renomados do cinema (Stallone e Arnold Schwarzenegger), que atuam no terceiro filme juntos, após Mercenários e Mercenários 2. A segunda pelo olhar curioso de fugas em presídios, uma ação muito difícil na vida real. Em terceiro, é inevitável, como em outros filmes tecnológicos, o público se interessar ao ver cenas com grandes planejamentos estruturais, que dificilmente são atendidos nas prisões convencionais.

Escape

Foto: divulgação

        Apesar das cenas que prendem atenção do começo ao fim, o longa metragem traz algumas cenas duvidosas. Stallone torna-se, em todos os momentos, um gênio de várias áreas sendo que antes era apena promotor de justiça. O diretor também propôs a esse personagem, praticamente um invencível “X-men”, pois mesmo apanhando fortemente fica intacto. E apesar de ser “aliviante” assisti-lo fora da máscara de Rocky Balboa, está marcado claramente nas cenas a distância da eficácia atuante que possuía em filmes clássicos. Assim como o próprio filme.

Mariana Okita

Serviço:

Filme: Rota de Fuga. Diretor: Mikael Hafstrom. Duração: 1h56. Gênero: Ação

Em cartaz no cine do Shopping Total. Sala: 1

Horário: 14:10 – 16:30 – 18:50 – 21:10

Legendado – Normal