Protestos ganham representação musical no FUC

Imagem

Banda regional faz a própria manifestação de forma cultural no palco principal do Cine Teatro Ópera

           Na etapa regional do 26º Festival Universitário da Canção, na noite de 19 de junho/13, segunda música apresentada foi Guerreiro. Apesar de a banda demorar a se posicionar no palco, começou a performance interagindo com o público, que logo entrou no ritmo da batida.

             Responsável pela interpretação, a banda JahMay Roots é composta por guitarra, baixo, bateria, percussão, vocal e trompete. O último instrumento dá um toque diferencial e anima a apresentação.

Imagem

  Foto: Lente Quente/André Jonsson

          Com a letra de Tarso Felipe Rodrigues Braga e música de Daniel Henrique Correa Gnoatto, a canção em ritmo de reggae ilustra a situação atual do país com todos os protestos e manifestações que mostram o “despertar” do povo brasileiro. A letra é forte e sugere uma luta contra a opressão.

           O intérprete cantava a música com emoção e toda a banda se movimentava em sincronia com a melodia. Todos os integrantes estavam próximos uns dos outros no centro direito, na frente do palco. O exagero apareceu na altura do som, tanto dos instrumentos quanto do vocal. Nos momentos em que o cantor elevava o tom de voz, a tendência era desafinar.

             A apresentação teve duração de quatro a cinco minutos e grande parte era instrumental, pois a letra é composta por apenas seis estrofes com um refrão que aparece duas vezes. A banda manteve sintonia durante toda a apresentação e o som dos instrumentos mostrava harmonia, sem sobrepor um ao outro. Antes que a música acabasse o cantor se cobriu com uma bandeira do Brasil, reforçando o tom de protesto e exaltou a plateia, que começou a acompanhar o ritmo com palmas.

Giovana Kai

Serviço:

Canção: Guerreiro

Letra: Felipe Rodrigues Braga

Música: Daniel Henrique Correa Gnoatto

Músicos: banda Jahmay Roots

Anúncios
Etiquetas: , ,

2 comentários to “Protestos ganham representação musical no FUC”

  1. Jahmay roots, por favor…

  2. Desculpa Tarso, já corrigimos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: