Archive for Maio 22nd, 2012

22/05/2012

Uma boa pauta é meio caminho andado

A crítica, além de ser a análise de um produto, é uma forma de interação com a sociedade. Assim, quando algo está sendo analisado, o autor deve ter ciência de que está apresentando aquele produto para um número maior de pessoas. O número de acessos do Crítica de Ponta é relativamente alto e, nos últimos meses, nunca foi menor que dois mil acessos.

Estas informações ajudam, alunos críticos, perceber que estão escrevendo sempre para alguém, não importa se o número de pessoas que lê o texto é alto ou baixo, mas já é alguém. E a crítica também deve ter um caráter de serviço. Esta semana, lendo o texto da editoria Em Cena, constata-se exatamente este caráter de serviço público, falando sobre o fechamento de edital para teatro da Secretaria de Cultura. A autora poderia ter explorado mais as falas sobre o cenário teatral pontagrossensse e a crítica seria melhor ainda, se feita antes das inscrições encerradas.

Nas categorias Ações Esportivas e Outros Giros, falta um aprofundamento maior das críticas, se é que estas existiram. Se o PHC e a Academia Marista Azuma de Judô possuem apenas características positivas tudo bem, porém não ficou muito claro o diferencial da academia e o porquê o parque é agradável para passear em qualquer época do ano, como as autoras dos textos colocam.

As outras editorias avançaram na parte da crítica, sejam elas positivas ou negativas, sempre foram muito bem embasadas com argumentos sobre a análise do produto. O crítico é livre para escolher o que é bom ou ruim naquele produto. Nesta parte, na editoria Entre Linhas o autor do texto consegue fazer um panorama geral e crítico da revista, apontando a manchete, o texto que falava de Ponta Grossa e outra pauta que chama atenção e poderia ser mais aprofundada, fazendo desta uma das críticas mais completas da edição na parte de análise, crítica e descrição e serviço.

Por fim, vale parabenizar os estudantes pela escolha das pautas, os temas estão bastante diversificados, e a pluralidade dos assuntos só enriquece cada vez mais o Crítica de Ponta.

 

Adrian Delponte