Archive for Outubro 22nd, 2011

22/10/2011

Agenda Cultural

21de Outubro- Sexta-feira 

 

Atividade: Projeto Sexta As Seis- Show com as Bandas “Os Lacomicos” e “ Hyntra”

Promoção: PMPG/ SMCT

Local: Complexo Ambiental ( ao lado do Centro de Comércio Popular )

Horário: 18h

Ingressos: Atividade Livre

 

22de Outubro- Sábado 

 

Atividade:  Projeto Cine-Arte –  Exibição do Filme  “Vinicius”

Direção: Miguel Faria Jr.  – Brasil – Documentário- 120 minutos – 2005

Sinopse: O documentário retrata a vida de Vinicius de Morais

Promoção: JM NEWS  e SMCT

Local: Cine-Teatro Ópera – Auditório  B

Horário: 17h

Ingressos: Entrada Franca

Classificação: 12 Anos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

22/10/2011

Humor com sotaque local

 

Um Stand – Up sobre temas regionais com o propósito de incentivar a comédia local.

Com humor, a comédia local de Ponta Grossa se destaca em sua última apresentação no Teatro Ópera. O grupo ponta-grossense “Comédia S.A” mandou um dos seus integrantes, Diego Castro, ao palco do Cine Teatro Ópera para uma apresentação humorística sobre os causos e contos das diversas regiões de Ponta Grossa.

O comediante Diego Castro é um dos integrantes e fundadores do Grupo “Comédia S.A”. A apresentação contou com recursos multimídias como um vídeo com depoimentos dos familiares e amigos de Diego.

A apresentação conseguiu envolver a platéia pelo tema regionalizado com que Diego trabalha em seus shows. O público que lotou o auditório B do Teatro Ópera demonstrou prestigio com a apresentação do comediante que alcançou um destaque na cidade. Mais do que simples histórias contadas ao público, Diego Castro promoveu uma conversa com a platéia sobre temas de interesse em comum. O show durou cerca de 2 horas e contou com uma prévia de Michele Madalozo, uma das integrantes do “Comédia S.A”. As piadas de Michele estão mais relacionadas ao universo feminino e a vida de casais. No entanto sua apresentação não deixa de ser engraçada. Enquanto Diego Castro aposta, mais em aventuras e situações engraçadas sobre Ponta Grossa, cada apresentador do “Comédia S.A” busca uma característica própria em seus espetáculos.

Diego, nesse último stand-up, opta por um estilo mais tradicional e com piadas voltadas ao público jovem. O comediante, em sua apresentação, ainda brincou com alguns dos espectadores da platéia. As únicas dificuldades que Diego Castro teve no show foram os problemas técnicos com o som, mas também permitiu ao apresentador ter mais um elemento humorístico para compor sua apresentação.

Os interessados em prestigiar e conhecer o grupo “Comedia S.A” podem comparecer ao República Bar todas as quintas-feiras às 22:30 onde ocorrem apresentações de stand-up do grupo.

Gildo Antonio

 

 

Serviço:

Stand-Up Comedy com Diego Castro.

Grupo Comédia S.A

Local: Cine Teatro Ópera (auditório B)

Data: 15 de outubro

Horário: 21 h

22/10/2011

Vampiros, sustos e risadas de verdade

A Hora do Espanto mistura comédia e terror em proporções agradáveis

A Hora do Espanto (Fright Night) possui dois públicos distintos: aquele que conhece a versão original, de 1985 – e, inevitavelmente, compara os dois durante toda a trama –  e o que teve contato apenas com o remake. Os elementos de humor presentes no original prevalecem. No entanto, o gênero “suspense” mais tradicional na década de 1980 deu espaço para uma maior dinâmica na história.

As modificações no roteiro repaginaram o perfil do longa a fim de atrair o jovem público, sem causar desconforto com o estilo tranquilo dos terrores do passado. Já na primeira cena, observa-se uma perseguição e há a presença de sangue, definindo um novo estilo para o filme.

O protagonista, Charley, interpretado por Anton Yelchin sem maior destaque, é forçado por seu ex-melhor amigo “nerd” a acreditar que seu novo vizinho, um suposto “gogo boy”, com a divertida interpretação de Colin Farrell – principal nome do filme – é um vampiro. O fato logo é comprovado e, então, a missão de Charley é proteger sua mãe e sua namorada popular – Imogen Poots – da ameaça. Para tanto, ele busca a ajuda de Peter Vincent, um ilusionista famoso, que possui um programa de televisão, o Fright Night.

Diferentemente do original, o novo filme tem mais cenas de ação e confronto entre os protagonistas e antagonistas. Os personagens também sofreram modificações. O vampiro de Colin Farrell possui um estilo sedutor bad boy, diferente do original, interpretado por Chris Sarandon, que era clássico e misterioso. Peter Vincent também recebeu modificações em suas origens, que, no entanto, se apresentaram irrelevantes e, em certo ponto, até atrapalharam o desenvolvimento do filme.

Contextualizando o filme com o assunto “vampiro”, em evidência na mídia atual, é agradável vê-los em suas “raízes”: pavor ao sol, aspecto sedutor, inexistência de reflexo em espelhos etc. Em uma época onde vampiros se tornaram personagens românticos, muito se perdeu do aspecto horripilante original.

Também diferenciado dos terrores atuais, A Hora do Espanto não possui cenas exageradas no que dizem respeito a sangue, nem vulgaridades, o que o torna um filme agradável e tranquilo. Disponível em 3D, o filme está em cartaz nos cinemas da cidade.

Nayra Gazafi

Serviço:

Multiplex Palladium:

A Hora do Espanto – 3D

Elenco: Colin Farrell, Toni Collette, David Tennant

Classificação: 14 anos

Dublado 3D

Diariamente às 15 horas

22/10/2011

O lado escritor dos médicos de Ponta Grossa

 

Livro Crônicas & Causos reúne produções literárias de profissionais da saúde que vivem e atuam no município

 Dezessete médicos relatam experiências e dividem pensamentos no livro Crônicas & Causos – um passeio dos médicos pelo universo literário. Lançado em agosto/2011, o livro marca a comemoração dos 80 anos da Associação Médica de Ponta Grossa (AMPG). A jornalista Alessandra Perrinchelli Bucholdz foi quem organizou a obra.

Os 18 textos narram, descrevem e opinam. Entretanto, os que contam causos parecem envolver mais o leitor. Há finais surpreendentes e que conseguem provocar o riso, como em “Uma viagem inesquecível”. Embora o título pareça pouco atrativo, a produção relata a tentativa do jovem médico de transportar um defunto no trem. A narrativa é breve e ocupa duas páginas, assim como as outras curtas participações.

No livro, há também os médicos que optaram falar sobre ética, objetivos da profissão e outras percepções. Há, inclusive, o doutor que filosofou tentando definir a receita ideal. Mas é o desejo de conhecer mais de perto as experiências peculiares da profissão que mantem o leitor curioso durante todas as páginas.

A linguagem utilizada no livro é simples e clara em todos os textos. Embora, algumas vezes, apareçam frases e expressões da área que deixam o leitor perdido. “O quadro evoluiu para uma celulite orbitária com grande proptose, abcesso cerebral e grande depressão” (pág. 58) é o grande exemplo. Mas é justificável, não devem existir palavras que substituam os termos. E, além disso, a atitude intensifica a veracidade da descrição.

A obra exige pouco tempo de leitura. Em uma hora, o leitor consegue passar por todos os textos. Ele entra em contato com histórias curiosas, entende as escolhas dos profissionais pela Medicina e também descobre o lado literário dos doutores. O contato se torna interessante, afinal, não são médicos quaisquer, que atuam em realidades distantes. São os profissionais responsáveis pela saúde em Ponta Grossa.

 

Alana Fonseca

 

Serviço:

Crônicas & Causos – um passeio dos médicos pelo universo literário

Organizado por Alessandra Perrinchelli Bucholdz

Ponta Grossa: Estrategium Comunicação, 2011

64 páginas

22/10/2011

No caminho das propagandas

Programa da TV Educativa destaca produtos e projetos da Prefeitura de Ponta Grossa

O programa Caminho das Pedras, apresentado por Fernando Durante, vai ao ar às quartas-feiras, às 23 horas na TV Educativa. O programa tem duração de uma hora, que se divide entre notícias, vídeos e entrevistas.

O primeiro bloco é focadoem notícias. O apresentador noticia fatos da cidade de Ponta Grossa e depois do Brasil. Por vezes, as notícias são de empresas, parecendo mais uma propaganda da marca do que uma informação relevante ao telespectador. Fernando informa falecimentos de pessoas conhecidas da região e do país. O apresentador também conta uma crônica e manda recados para pessoas, citando os lugares em que elas trabalham, o que reforça mais ainda as propagandas indiretas no programa.

Na edição do dia 19 de outubro, o programa teve um bloco só de comerciais de marcas conhecidas nacionalmente e de lojas locais. Fernando chamava a atenção do telespectador para coisas engraçadas nos vídeos, mas o que se entendia era mais uma tentativa de promover os produtos, do que algo interessante no vídeo. Entre os vídeos também havia uma propaganda de uma produtora de vídeo da cidade, o que tornou mais um bloco comercial do que informativo.

A entrevista é o destaque do Caminhos das Pedras. Várias personalidades princesinas já foram ao programa. Na última quarta feira, o entrevistado foi o Secretário de Obras do Município.

O apresentador deixa claramente que não está questionando os problemas da cidade, mas falando dos projetos que a Secretaria desenvolve e o que irá realizar. O entrevistado não é questionado. A entrevista fica parecendo uma assessoria para os projetos da Prefeitura, com o apresentador chamando a atenção dos cidadãos para cuidarem melhor de Ponta Grossa.

O programa traz mais propagandas de marcas e destaques para projetos do Município do que informações relevantes aos telespectadores.

Melissa Eichelbaun

Serviço:

Programa: Caminho das Pedras

Apresentador: Fernando Durante

Emissora: Educativa – Canal 58

Horário: 23 horas

Imagem: divulgação

22/10/2011

Sexo e música nas noites ponta-grossenses

Programa Ponto T destaca área musical, interage com ouvintes e explora pouco as questões sexuais

O programa Ponto T estreou dia 19 de setembro na Rádio T, FM de Ponta Grossa, e é apresentado pelo locutor Márcio Guedes e pela especialista em sexologia, Helen Machado. A atração mistura músicas com temas de natureza sexual. O programa transmitido no dia 17 de outubro (segunda-feira) apresentou o resultado de uma pesquisa encomendada pela revista Marie Claire e realizada pelo Instituto de Pesquisas QualiBest, a respeito de perguntas escandalosas sobre sexo respondidas por homens, no estilo “tudo que as mulheres precisam saber para satisfazer um homem na cama”.

Segundo o locutor, o Ponto T é o “programa mais apimentado do rádio brasileiro” e oferece “música de qualidade e sexologia”. Mas não é exatamente isso que a atração representa. Durante as duas horas de programação, o tema da sexualidade é pouco explorado. A maior parte do tempo é ocupada por músicas, em especial do gênero sertanejo. As enquetes também não são produzidas pela equipe do programa, que somente reproduz os resultados obtidos pela revista Marie Claire.

O programa consiste basicamente em deixar as perguntas da pesquisa no ar para aguçar a curiosidade dos ouvintes e mantê-los ouvindo a rádio. Enquanto isso transmite diversas músicas para só então dar as respostas. Juntamente com o resultado da enquete é oferecida a visão de um especialista sobre o assunto, com dicas e conselhos para o público feminino.

O ponto positivo do programa fica por conta da forma espontânea com que os assuntos são tratados. Os locutores conversam animadamente sobre a pesquisa, dão risadas e oferecem dicas ao público. A diversão do programa é tratar com naturalidade e brincadeira as questões relacionadas ao sexo.

Dicas como “homens se importam com as mulheres”, “o importante é exercer com louvor a função de provedor de prazer”, “os homens não são insensíveis meninas!”, e “para o homem toda hora é hora”, dão o tom de leveza e deixam o programa engraçado.

A interação com a audiência também é grande. Boa parte da programação é destinada a enviar abraços, beijos e recados para ouvintes da região e de outras cidades. O público pode ainda pedir músicas e responder às perguntas e dar opinião a respeito dos temas discutidos, normalmente por meio de redes sociais.

Fernanda Rosas

 

Serviço:

Programa: Ponto T Rádio T: 99.9 FM

Segunda à sexta-feira Duração: 20h às 22h

Imagem: divulgação

22/10/2011

Notícias e opinião se misturam em blog de empresário

Site de Marcio Pauliki aborda temas empresariais, políticos e culturais da Região

O empresário e presidente da Associação Comercial e Industrial de Ponta Grossa (ACIPG), Marcio Pauliki, mantém um site de informação sobre a região dos Campos Gerais. Matérias sobre o mundo empresarial da cidade, sobre o ambiente cultural de Ponta Grossa e notícias sobre ações do poder público se misturam com textos opinativos no site.

A falta de uma distinção clara é um dos pontos prejudiciais do site. Não é possível, a priori, distinguir o que é material noticioso e o que é opinião e especulação do autor do site. Nem mesmo a separação por categorias auxilia nessa separação, visto que a maioria dos posts estão separados como “Visão de Governança”, o que não diz muita coisa.

A falta de identificação dos postadores (autores) também prejudica o site. Tirando o próprio Marcio Pauliki, os demais autores não são identificados por sobrenomes, apresentados apenas por um nome, como aparece “Luana” ou “Evelin“ e até mesmo “admin” aparece como postador.

Apesar disso, o blog traz algumas informações pertinentes ao debate público, caso seja apreciada de maneira crítica pelo leitor. Mesmo com uma visão parcial do assunto, pois o site não se põe como imparcial em nenhum momento, as pautas são sobre assuntos latentes na cidade de Ponta Grossa.

O design do blog, apesar de um pouco “pobre”, não atrapalha a leitura e não torna cansativo. Os espaços laterais, tomados pelo vazio, poderiam ter um uso mais assíduo, visto que os olhos acabam sempre voltando para aquele espaço, onde se encontra apenas um espaço cinza.

O blog expõe um pouco da visão de uma pessoa pública, assim como leva um pouco do ambiente empresarial ao leitor. A falta de uma edição final, tanto no visual, quanto em alguns textos, não prejudica tanto esse espaço alternativo de divulgação de informações nos Campos Gerais. É válida a intenção e, com algumas ressalvas, a execução do projeto.

Algumas pequenas mudanças ajudariam a melhorar, como uma separação dos espaços noticiosos e opinativos, um espaço maior para interação do público, como um chat dentro do site e a apresentação dos postadores.

 

Jean Marcel Ferreira

 

Serviço:

Endereço do blog: http://www.marciopauliki.com.br

22/10/2011

Música sertaneja é apresentada por “Os senhores da música”

O Auditório B do Cine Teatro Ópera ficou lotado para assistir “Os senhores da música”, um grupo de 17 integrantes (13 violas e violões, um acordeom, duas percussionistas e um no vocal) vindos do projeto “Esporte e Lazer” do Governo Federal, destinado a comunidades carentes.

Apesar de a maioria dos integrantes serem aposentados e terem outras atividades, alguns são músicos profissionais, assim como Matheus que já tem dois CDs gravados e faz parte do grupo para ajudar aqueles que não têm muita experiência no palco.

A sonoridade do conjunto se assemelha muito à de profissionais do ramo e o repertório agrada muito os fãs, pois conta com uma variedade como clássicos da música sertaneja, músicas regionais e, principalmente, músicas de raiz. A harmonia entre as vozes e os violões com as violas também garantiram o sucesso da apresentação.

Além da música de alta qualidade, outra coisa que chama a atenção é que todos os integrantes do conjunto são parte de comunidades carentes de Ponta Grossa e todos aprenderam a tocar com seus familiares como pais, avôs, mantendo viva a tradição da música sertaneja.

 

Rebeca Gambassi

 

Serviço:

Os senhores da música

19/10/2011

19h30

Auditório B do Ópera – Centro de Ponta Grossa/PR

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

22/10/2011

Café, chopp ou tequila?

O bar e restaurante Montecito é opção para quem quer conhecer um pouco da comida mexicana

Quem procura um bar ou restauranteem Ponta Grossapara tomar um chopp ou um café depois do trabalho não tem muitas opções. Entre lugares mais ou menos aconchegantes, com preços convidativos (ou aceitáveis), são poucos os caminhos para quem quer fazer o ‘Happy Hour’ na cidade.

Dependendo do gosto musical, da preferência por determinado tipo de comida e do poder aquisitivo, existem lugares que oferecem um ambiente confortável, até mesmo com música ao vivo, para relaxar depois do expediente. Como o Diretoria Pub, o Botequim ou mesmo um café como o Cine Café ou Cine Città. O que é novidade é unir essas características a comida típica mexicana, cultura talvez mais conhecida pela Tequila.

 

O bar e restaurante Montecito une esses fatores: um ambiente agradável com a comida típica mexicana. O estabelecimento foi inaugurado no fim de setembro e oferece bebidas e pratos típicos do México. Além disso, todo o local é decorado com essa temática: paredes vermelhas, quadros e iluminação que lembram o ambiente mexicano. O único fator que prejudica o ambiente é o calor que vem da cozinha e deixa o lugar quente, mais do que agradável, o que pode incomodar os clientes em dias de temperatura mais elevada.

Quem gosta de saborear a culinária típica de outros países tem mais algumas opçõesem Ponta Grossa, como o Aladin, que oferece alguns pratos da comida árabe, embora não tem um ambiente tão decorado e temático como o Montecito. Além do restaurante Homus, China in Box, China Master e Sírio-libânes. No entanto, quem quer saborear comidas de outras culturas pode preparar o bolso: o valor dos pratos e bebidas, das mais simples até as mais sofisticadas, varia de R$6,00 aR$30,00.

 

Afonso Verner

 

Serviço:

Bar e restaurante Montecito: Rua Alberto Nepomuceno, 17. Jardim Carvalho, Ponta Grossa. Aberto a partir das 19h.

Telefone: 3028 – 2881