Vamos comer algo que dona Bernadeth goste?

Por estar situada perto de colégios e universidade, Bernadeth Confeitos é ponto de encontro dos jovens

Na Rua Theodoro Rosas, nº240, no Centro de Ponta Grossa, está a Bernadeth Confeitos, um lugar difícil de ser descrito. Não é um café, nem uma padaria. A palavra confeitos está no nome, mas não existem apenas confeitos no local. O ambiente é caseiro, já que nada mais é do que a adaptação do primeiro andar de uma casa para o comércio. Lá são vendidos salgados, doces, bolos e tortas. Os salgados são fritos ou assados, porém não existem opções para os apreciadores de comidas mais leves e sem carne.

O preço médio dos doces e salgados é R$2,50, o que não é muito acima da média dos preços de cafeterias e panificadoras do centro de Ponta Grossa. O clima é familiar e a dona do local, Bernadeth, tenta deixar os clientes bem à vontade, o que se percebe quando ela fala para as pessoas se servirem das bebidas. Toda a casa é bastante limpa, e higienizada com álcool, a decoração é bem acabada, a pintura toda é baseada em flores, o que faz referência aos objetos decorativos: vasos com plantas.

Pode-se observar que os frequentadores são em sua maior parte moradores das proximidades, além de alunos dos colégios, cursinhos e da Universidade. Dá para perceber que todos os alimentos são preparados com bastante higiene. O que atrapalha um pouco no atendimento é que a dona fica ‘beliscando’ sempre alguma coisa que foi preparada recentemente, tendo que parar de comer para atender os clientes. O lugar também poderia servir café e chá, mas não serve porque a dona não gosta. Aliás, lá só é feito o que a dona Bernadeth aprecia, ficando muito preso a apenas um gosto particular.

Por Adrian Delponte

Serviço:

Bernadeth Confeitos
42-32243161
R. Theodoro Rosas 540 – Centro de Ponta Grossa/PR
das 8h às 20h

Foto: Adrian Delponte

2 comentários to “Vamos comer algo que dona Bernadeth goste?”

  1. oi qando vai sair a critica da Doçuras?sera q vc pode me avisar? laradocura@hotmail.com obrigada…..

  2. Frequentei esse estabelecimento nos meus tempos de Sepam (turma 2005), morei nas proximidades e concordo com quaze tudo o que foi dito, chegamos a encontrar canudos sujos e um cabelo dentro de um salgado na época, também vimos a circulação de gatos na cozinha, será que isso mudou??? E realmente eu afirmo a dona sempre estava comendo algo hauhauhauha ótimas críticas e muito bem escritas parabéns aos companheiros de UEPG.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: