Archive for Setembro 2nd, 2011

02/09/2011

Recreação Renovada

O parque de recreação da Praça Barão do Rio Branco, no Centro de Ponta Grossa,  foi reformado há duas semana

    O parque de recreação infantil da Praça Barão do Rio Branco, no centro de Ponta Grossa, foi uma construção do prefeito Albary Guimarães, no ano de 1935. Há duas semanas os brinquedos que estavam no local foram substituídos por outros novos e mais atrativos, devido à coloração.

    O novo parquinho tem dois brinquedos para cada estilo, como por exemplo, escorregadores, gira-giras, playgrounds e balanços. Além disso, foram colocados aparelhos de ginástica para os pais que desejam se exercitar ao lado das crianças. As árvores plantadas na praça proporcionam sombra parcial durante o dia, tornando a recreação menos cansativa.

    Devido à rapidez com que a obra foi concluída, pode-se pensar que o novo parque é uma estratégia para a melhoria da popularidade da atual gestão da Prefeitura Municipal.

    Apesar da boa aparência, faltam bancos onde os pais possam sentar-se enquanto cuidam dos filhos. Os banheiros mais próximos ficam ao lado, mas nem sempre estão em condições de uso. As grades de proteção do parque são baixas, possibilitando o fácil acesso das crianças à rua. Além disso, os brinquedos antigos eram feitos de ferro, já os novos são menos resistentes, fabricados com aço e plástico.

    O parque recebe manutenção dos funcionários da prefeitura diariamente, deixando o espaço sempre limpo. Os frequentadores do local são, em geral, crianças das escolas municipais da cidade acompanhadas de seus parentes mais velhos, que utilizam os aparelhos de ginástica para a terceira idade. O local é aberto todos os dias da semana e tem entrada livre.

Juliana Zavadzki Maier

SERVIÇO:

Local: Praça Barão do Rio Branco – Centro de Ponta Grossa/PR

02/09/2011

Comida, futebol e saúde?

Revista coloca um ponto e vírgula nas publicações impressas dos Campos Gerais

Lançada oficialmente em 14 de abril de 2011, arevista Ponto & Vírgula (P&V), de Telêmaco Borba, é uma publicação bimestral e está na terceira edição. Apesar do visual e diagramação amadoras, a P&V tem uma interessante proposta editorial e visa atingir principalmente os leitores da casa, apesar de abranger outras cidades dos Campos Gerais, como Reserva, Tibagi, Ortigueira e Imbaú.

    De comidas típicas a pedras na vesícula, a revista atende um público plural, pois não se atem apenas a uma faixa etária de leitores. Victor Miranda, jornalista responsável e idealizador do projeto, disse, em entrevista ao Crítica de Ponta, que Telêmaco Borba carecia de informações culturais e históricas, por isso surgiu a ideia de montar a Ponto & Vírgula.

    A equipe de edição vai atrás de tudo o que compõe a revista. Segundo o editor, Telêmaco Borba precisava de alguma publicação impressa que mostrasse um pouco de cultura e história. Hoje a revista é bem vista nas cidades em que é distribuída e só tende a crescer. A  P&V leva para outros municípios matérias que contam um pouco sobre saúde, esporte, nutrição e principalmente cultura.

    Muitas das páginas da revista são usadas em propagandas financiadas por diversos tipos de anunciantes, como por exemplo, a Prefeitura de Telêmaco Borba e uma casa de fotodepilação. Com matérias variadas, a publicação cumpre bem a sua proposta, levando ao público informação e cultura.

    A P&V pode ser encontrada em 15 pontos de venda em sua cidade natal e custa R$5,00. É distribuída gratuitamente aos outros municípios citados e a tiragem destinada a cada um varia de acordo com os anunciantes. Victor é quem faz a maioria das matérias e também cuida de todo o conteúdo da Ponto&Vírgula.

Luiza Slaviero

SERVIÇO:

Nome: Revista Ponto&Vírgula

Edição: 3º, publicação bimestral.

Valor: R$5,00

Tiragem: 2.200 exemplares

Circulação: Telêmaco Borba, Tibagi, Imbaú, Reserva e Ortigueira

Site: WWW.revistapontoevirgula.com.br

02/09/2011

Humor de Ponta Grossa leva público ao riso

Grupo de comédia local se apresenta em comemoração ao estudante e ao estagiário

     Na última segunda-feira (29), o grupo ponta-grossense Comédia S/A se apresentou no grande auditório da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), em homenagem ao dia do estagiário e do estudante. O grupo, composto por Bruno Madalozo, Diego Castro, Hallorino Junior e Michele Madalozo, brincou e divertiu o público por 60 minutos.

     Durante toda a apresentação foram comuns as piadas envolvendo lugares tradicionais de Ponta Grossa, como lojas, escolas, o Calçadão da rua Coronel Cláudio, o Operário Ferroviário, entre outros.  Além disso, os cursos de graduação da UEPG também foram alvos das brincadeiras dos humoristas. 

     O primeiro dos quatro comediantes a se apresentar foi Diego Castro, que fez uma introdução sobre o que é o humor chamado stand up comedy. Na sequência, foi a vez de Michele Madalozo que contou histórias do seu casamento com Bruno Madalozo, também integrante do grupo. Bruno foi o terceiro a se apresentar e lembrou-se da vida  no colégio, na faculdade e no casamento. Já Hallorino Junior brincou com o nome dele. Para encerrar, Diego Castro voltou ao palco e encerrou a apresentação com chave de ouro.

     Apesar dos 30 minutos de atraso, a plateia não desanimou e respondeu as piadas com muitas gargalhadas durante todo o espetáculo. O auditório estava lotado, além de todas as cadeiras ocupadas, havia mais público em pé e cada vez chegavam mais pessoas. Quando era convidada a participar, a plateia respondia prontamente.

     Assim, o humor  foi um dos fortes da apresentação. Os humoristas brincaram com a própria aparência física. As histórias pessoais também foram motivos de risos, desde momentos da época de escola até o casamento.

Thiago Terada

SERVIÇO:

– Grupo: Comédia S/A

– Data: 29 de setembro de 2011

– Horário: 19h00

– Local: Grande auditório da UEPG

– Duração: 60 minutos