Archive for Outubro 6th, 2010

06/10/2010

Informações e (muita) entrevista para a Comunidade

Assuntos que interessam os telespectadores de todas as idades. É o que aborda o ‘Globo Comunidade’, programa exibido nas manhãs de sábado pela Rede Paranaense de Comunicação (RPC), a partir das 8h05min.

O programa conta com apenas uma apresentadora. Não há estúdio de gravação. Portanto, as imagens são gravadas em lugares que condizem com o tema do dia. A apresentadora aborda o tema e entrevista especialistas que aprofundam o assunto pautado. Os temas abordados no programa não variam muito e são, na maioria das vezes, relacionados à economia, emprego, educação e saúde.

Por ser gravado geralmente nas ruas, o Globo Comunidade foge dos padrões dos programas jornalísticos, o que acaba sendo um diferencial. Entretanto, nem sempre os lugares escolhidos para a gravação são acertados, pois o ruído externo, geralmente presente, atrapalha a audição.

O programa, que tem aproximadamente 25 minutos de duração, se resume a entrevistas. O fato de ter muitos entrevistados faz com que o telespectador perca o interesse pelo assunto, uma vez que as argumentações são parecidas. As entrevistas quase não são editadas fazendo com que a fala do entrevistado seja muito longa e cansativa.

Apesar da pouca qualidade de edição, o programa é interessante ao passo que trata de temas que geralmente despertam o interesse da população, já que apresenta informações relevantes ao público.

Ana Cláudia Massambani

Serviço:

Globo Comunidade

RPC TV (Canal 7 – UHF) – Filial da TV Globo no Paraná

Exibição: todos os sábados às 08:05hs

06/10/2010

Falta proximidade com ouvintes na Rádio Clube

A Rádio Clube Pontagrossense, que opera desde o dia 15 de setembro de 1939, sendo a mais antiga do estado, é associada à Rede Bandeirantes, de São Paulo. Da grade de programação, 32% do horário diário são ocupados por programas transmitidos em rede com a Bandeirantes, enquanto 8% são ocupados por programas religiosos e o restante da programação é local. Ou seja, no total, 40% do horário são preenchidos com produtos externos.

Uma emissora com 2,5KW de potência, operando em frequência AM, que cobre toda a região dos Campos Gerais, financiada por publicidade, não pode usar a falta de verba como pretexto para não ter mais que 56% da programação local. Tampouco poderia haver falta de funcionários para desenvolver programas voltados à região atingida.

Como a principal característica do rádio a proximidade com o ouvinte, não faz sentido que quase metade da grade da emissora seja preenchida com conteúdos vindos de outro estado. A interação do ouvinte com o locutor é imprescindível na produção radiofônica, e nesse caso, o ouvinte deveria fazer uma ligação interestadual pra interferir naquilo que está apreciando. É praticamente impossível esperar essa atitude de quem está do outro lado do rádio. Esse tipo de programação radiofônica, que não permite interação direta do ouvinte, afasta a audiência da emissora. É uma decisão lamentável a opção por produções tão longínquas no rádio.

Andressa Kaliberda

Serviço:

Rádio Clube Pontagrossense

PRJ 2 – AM 1080 KHz

2,5 kW de dia e 0,5 kW à noite