Uma volta ao passado

Castro é uma cidade onde se respira história. O município surgiu como um ponto de parada no caminho dos tropeiros que iam do Rio Grande do Sul para São Paulo. A primeira construção do local (uma capela que hoje é a Igreja Matriz Senhora Sant’Ana) data de 1704. Do mesmo ano constam os registros da fundação de um dos mais importantes patrimônios culturais do Paraná: A Fazenda Capão Alto, que serviu de residência a inúmeras famílias da aristocracia rural, além de frades carmelitas, escravos e imigrantes.





O acesso à fazenda não é dos mais fáceis, mas o trajeto é compensado pela simpatia de seu João, o caseiro que atende os turistas e não vê problema algum em repetir toda a história do local para cada visitante que aparece. Dentro do casarão principal, poucos móveis resistiram ao tempo. Pode-se passear pelos cômodos, admirar a preservada capela e as paredes feitas com taipa de pilão, cuja matéria-prima é a terra. O passeio fica incompleto sem a observação atenta de toda a parte onde viviam e trabalhavam os escravos. As correntes e instrumentos de castigo utilizadas pelo capataz dão um toque sinistro à construção.

Seu João indica também uma caminhada para o lado de fora da fazenda, onde se pode ver a floresta composta por plantas nativas e ouvir o rugido dos bugius, que em certas horas da tarde fica extremamente grave e pode assustar algum visitante desprevenido. Todo o passeio parece durar pouco quando se pensa em toda a riqueza cultural e histórica que a Fazenda Capão Alto significa, já que são mais de 300 anos de uma construção que é testemunha de todo o desenvolvimento do estado.





Hoje em dia, o local é administrado com supervisão da prefeitura municipal e ajuda financeira ocasional de algumas entidades particulares. Mesmo assim, os esforços ainda não são suficientes. Infelizmente, o imponente casarão está desprotegido, pois falta a consciência de que cuidar dele é preservar a história de todos os paranaenses.



Thalita Milan







Serviço:

Fone Fazenda:

(42) 9981.6111 – c/ Sr.João

Horário de Visitação:

De terça a Domingo: das 8:00 as 18:00 horas

Ingressos: R$ 3,00 por pessoa

Como chegar: seguindo pela PR 151, toma-se a estrada de acesso para Castrolanda, à direita da pista.

Mais informações: http://www.castrotur.com.br/capaoalto/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: